Os fatos sobre o Catolicismo Romano

John Ankerberg e John Weldon   •   4 Março, 2013
DestaqueNotícias

O que a Bíblia ensina sobre a doutrina da justificação?

Nenhuma doutrina é mais crucial – nem mais mal interpretada e negligenciada, mesmo pelos protestantes – do que a doutrina da justificação exclusivamente pela fé. A Bíblia ensina que qualquer pessoa que crê simples e verdadeiramente em Jesus Cristo como seu Salvador pessoal que o livra do pecado, nesse momento é irrevogável e eternamente justificada. O que é a justificação? A justificação é o ato de Deus por meio do qual Ele não somente perdoa o pecado dos crentes, mas também os declara perfeitamente justos por meio da imputação da obediência e da justiça do próprio Cristo sobre eles, mediante a fé. Para entendermos melhor, vejamos o seguinte exemplo: se um tio rico deposita um milhão de dólares na conta corrente de um jovem sobrinho, o dinheiro agora é propriedade do sobrinho, apesar do jovem nunca tê-lo adquirido nem trabalhado para ganhá-lo e nem sequer o merecia. Na justificação, Deus "deposita" a justiça de Cristo na conta do crente – Ele atribui ao cristão a perfeição moral de Seu próprio Filho. A justificação é, portanto, um ato perfeito de Deus, e porque é inteiramente realizado por Deus em sua totalidade, uma vez para sempre, não se trata de um processo que abarca toda a vida, como no caso da santificação (crescimento pessoal em santidade de vida). Os versículos seguintes mostram que a justificação é: (1) o crédito da justiça com base na fé da pessoa; (2) um ato completo de Deus; (3) algo que acontece inteiramente à parte dos méritos pessoais ou de boas obras: "...Mas ao que... crê naquele que justifica ao ímpio, a sua fé lhe é atribuída como justiça... bem-aventurado o homem a quem Deus atribui justiça, independentemente de obras" (Romanos 4.5-6, ênfase acrescentada). "Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé, independentemente das obras da lei" (Romanos 3.28, ênfase acrescentada, veja também Filipenses 3.9). "Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo" (Romanos 5.1, ênfase acrescentada). "Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira. (Romanos 5.9, ênfase acrescentada; ver Romanos 9.30-10.4; 1 Coríntios 6.11; Gálatas 2.16; 3.8-9, 21, 24). Infelizmente, alguns católicos têm interpretado mal a posição de alguns protestantes neste assunto, pensando que a simples concordância com a doutrina da salvação salva inteiramente e que os protestantes dão pouca importância às boas obras e à santificação. Pelo contrário, as Escrituras ensinam claramente que as boas obras e a santificação são de crucial importância – realmente, é o pleno conhecimento da graça (num sentido protestante) que produz as boas obras e o crescimento na vida de santidade (ver Efésios 2.8-10; 1 Pedro 5.12; 2 Pedro 3.18; Colossenses 1.6; 2.23). Mas as boas obras e a santificação nada têm a ver com a nossa justificação. O que a justificação significa para os protestantes é que os crentes devem pleitear diante do trono de Deus os méritos de Cristo ao invés dos seuspróprios méritos. Por isso é que os cristãos bíblicos aceitam o "dom da justiça" (Romanos 5.17) e "nos gloriamos em Cristo Jesus, e não confiamos na carne" (Filipenses 3.3). Justificação significa que um cristão pode ter a segurança de que, aos olhos de Deus, agora ele possui a perfeita santidade necessária para sua entrada no céu. Por quê? Se a morte de Cristo perdoou todos os pecados e satisfez completamente a pena divina devida por eles, e se Deus declara que os crentes são completamente justos com base na fé em Cristo, nada mais é necessário para permitir sua entrada no céu. Assim, porque a justificação – i.e, porque a justiça e os méritos de Cristo são creditados ao crente (no que se refere a Deus) – o cristão agora possui santidade perfeita nesta vida e a tem desde o momento da fé salvadora. Não lhe fazem falta os sacramentos, as indulgências, o rosário ou o purgatório para entrar no céu. Esse é o significado da doutrina bíblica da justificação.[1]

Uma palavra pessoal aos católicos

Os católicos, talvez mais do quaisquer outras pessoas, crêem que não é possível ter a segurança da salvação nesta vida (exceto, talvez, em circunstâncias muito raras). Você tem sido ensinado que a crença na segurança da salvação é uma "presunção quanto à misericórdia de Deus"[2] e que o pecado mortal resulta em "eterna separação de Deus", requerendo a penitência para a restauração.[3] Você tem ouvido acerca dos perigos pessoais do "triunfalismo", algo que resulta da "segurança de haver sido salvo", e que é "perigoso [defender] tal posição".[4] Mas a "segurança de haver sido salvo" é uma doutrinabíblica, como é demonstrado em 1 João 5.13. Você também sabe que, pelo fato do catolicismo ensinar que um cristão pode perder sua salvação, essa religião argumenta que "nem mesmo a fé... ou a conversão... ou a recepção do batismo... ou a constância ao longo da vida... podem fazer merecer o direito à salvação..." e que todas essas coisas devem ser consideradas somente como "precursoras para a obtenção" da salvação.[5] Entretanto, repetimos que esse não é o ensinamento bíblico. O próprio Jesus ensinou que a fé é que traz o direito à salvação: "Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poderde serem feitos filhos de Deus" (João 1.12, ênfase acrescentada). A Bíblia ensina claramente que só pela fé uma pessoa pode saber que é salva eternamente, porque no momento em que tem a fé salvadora ela ganha a vida eterna. Você pode saber disso ao confiar de fato em Cristo para o perdão dos pecados e aceitá-lO como seu Salvador pessoal. Se você é católico e deseja receber a Cristo como seu Senhor e Salvador pessoal, queremos animá-lo a fazer a seguinte oração: Amado Deus, desejo ter uma relação pessoal contigo através da morte do Teu Filho Jesus na cruz. Apesar de ter crido muitas coisas sobre Jesus, confesso que nunca O recebi verdadeiramente e de maneira pessoal como meu Salvador e Senhor. Eu nunca tinha percebido que na realidade a salvação é um presente que me ofereces gratuitamente. Agora eu recebo esse presente e creio que Cristo morreu na cruz pelos meus pecados – por todos os meus pecados. Eu creio que Ele ressuscitou dentre os mortos e desejo que Ele seja meu Senhor e Salvador, e agora O convido para entrar em minha vida, fazendo-o Senhor de todas as áreas de minha vida, inclusive sobre qualquer crença ou prática pessoal que não seja bíblica. Ajuda-me a dedicar-me ao estudo da Tua Palavra e a crescer como cristão de maneira que Te honre. Dá-me forças para enfrentar dificuldades ou rejeições quando precisar tomar posição ao Teu lado. Se é da Tua vontade e necessário que eu abandone esta Igreja, dirige-me a uma boa igreja e comunhão cristãs, para que eu possa Te conhecer e Te glorificar mais. Oro assim em nome de Jesus, confiando que Tu me guiarás. Amém. (John Ankerberg e John Weldon - http://www.chamada.com.br)

Notas

  1. Os teólogos católicos alegam que o uso de dikaioo por parte de Paulo não se refere à justiça imputada. Entretanto, eles não obtiveram isto [este conceito] dos dicionários de grego padrão que definem a principal palavra do Novo Testamento para justificação (dikaioo; cf. Lucas 18.14, Romanos 3.24-28; 4.5; 5.1,9; 8.30,33; 1 Coríntios 6.11; Gálatas 2.16; 3.8,11,24; Tito 3.7) em um sentido protestante, e não católico – como uma declaração legal de justiça, não uma infusão da justiça verdadeira. Conforme o principal léxico de grego a coloca: "Em Paulo, o uso legal é claro e indiscutível... [ele] não sugere infusão de qualidades morais... [mas] a justificação dos ímpios que crêem... O resultado de um pronunciamento judicial" (Gerhard Kittel, ed. Theological Dictionary of the New Testament, vol. 2, 215-216). Assim, se o crente verdadeiramente possui a justiça de Cristo através de decreto divino, então ela dificilmente seria uma "ficção legal", como sustentam os católicos que pensam que declarar pecadores justos é incompatível com a justiça de Deus. Mas Deus diz que é a Sua imputação da justiça ao pecador que prova que Ele é justo (Romanos 3.26), cf. The Hebrew Greek Study Bible, [1984, 23]: "tornar justo ou inocente"; Arndt e Gingrich [1967, 196]: "Sendo absolvido, ser declarado e tratado como justo"; New Thayers’ Greek English Lexicon[1977, 150]: "que jamais significa fazer digno, mas julgar digno, declarar digno... declarar inocente... julgar, declarar, pronunciar justo e portanto aceitável". Greek-English Lexicon de Loruv e Nida [1988,557]: "o ato de limpar alguém de transgressão – ‘absolver, libertar, remover a culpa; absolvição’." Por isso é que Bruce Metzger, talvez o principal erudito de grego na América, enfatiza que é "além da compreensão" como alguém pode negar "a prova evidente" do significado paulino desta palavra: "O fato é que Paulo simplesmente não utiliza este verbo com o significado de "ser feito íntegro ou justo". Na verdade, é extremamente duvidoso que alguma vez tenha carregado este significado no grego de qualquer período ou autor. Ele significa: "ser pronunciado, ou declarado, ou tratado como justo ou íntegro". O conhecido teólogo J. I. Packer diz: "Não existe base lexical para a visão dos... teólogos romanos e medievais que ‘justificar’ signifique ou tenha como parte de seu significado a conotação de ‘fazer justo’ por renovação espiritual subjetiva. A definição tridentina [do Concílio de Trento] de justificação não apenas como a remissão de pecados mas também a santificação e renovação do homem interior é errônea" (afirmações de Bruce Metzger e J.I. Packer tomadas de Rosenblad e Keating, "The Salvation Debate", 11 de março de 1989).)
  2. Broderick, ed., Catholic Encyclopedia, 270.
  3. Ibid., 402.
  4. Ibid., 585.
  5. Ibid., 539.

John Ankerberg e John Weldon

  1. MARIA disse:

    Acredito que todos vocês estão ignorantemente equivocados.
    É RIDÍCULO além de CRIMINOSO o preconceito religioso no Brasil!
    Gostaria de influenciá-los a ler e estudar melhor para que não repitam hipocresias sobre religiões.
    Se acreditam realmente que o seu Deus é diferente dos demais, só porque os demais não pensam como vocês, posso afirmar que infelizmente grande parte dos seres que vivem pela igreja, são irrevogavelmente infelizes e pobres de espírito!
    Deus não precisa de dinheiro.. Deus não vos obriga a ofertar à igreja e aos pastores.
    Meu pobre povo..leiam, estudem.. procurem esclarecimento!!!

    NÃO SE DEIXEM LEVAR POR PALAVRAS PRETENSIOSAS DESSES QUE SE DIZEM SERVOS DE DEUS!

  2. Fernanda disse:

    Eu acho assim… Deus criou o mundo e todos nós que nele habitamos, mandou seu Filho para nos salvar… Então o que eu tenho a dizer em poucas palavras é que cada um fica na Igreja que se sentem bem, a Igreja Católica tem mtos erros mas a Evangelica também. Só vai se salvar os crentes e os católicos não? A pare… Deus é um Só. Não é Igreja nem doutrina que salva alguém.. Parem de Julgar e orem mais, porque o mundo a cada dia se acaba, orem pelos mais necessitados, orem… a Igreja não salva ela, somente pode guiar cada um que se sente bem naquela… A Biblia é um livro para as pessoas lerem, meditarem e esparramarem a todo mundo… Palavra de Deus não é um ringue de luta para disputar quem tá certo ou errado em suas doutrinas… Tenho certeza que Deus não se agrada de ver os Filhinhos q Ele tanto ama, disputando quem aje certo ou deixa de ajir.. Acordem.. Mta gente no mundo a fora precisa de oração, ouvir a palavra de Deus, vão atras dessas almas e cuidem com carinho a de vcs tbm… Palavra de Deus é a Mesma, Igreja são diferentes, cada um fica na que se sente melhor, que se encontra.. Mas Deus é um Só!!

  3. Raul disse:

    É por real interesse na salvação pessoal de cada católico, no intuito de levar o Evangelho da salvação ao próximo, que o evangélico critica a igreja católica. Não é por ódio ou preconceito, como alguns comentam, pois a igreja católica infelizmente torna a salvação pessoal um processo longo, complicado e difícil, que frequentemente “termina” apenas no “purgatório”. Ela até mesmo afirma que ninguém pode ter certeza de sua salvação pessoal, que é um pecado de presunção afirmar que se tem certeza da salvação. Mas uma leitura cuidadosa da Bíblia e as próprias palavras de Jesus mostram o contrário! É isso que o evangélico deseja alertar ao católico. Podemos alcançar a nossa salvação em qualquer momento de nossas vidas (enquanto é tempo, antes da nossa morte física) e esse fato nos é testificado (nos dando certeza) pelo próprio Espírito Santo de Deus. Deus nos dá a certeza de nosso salvação! Não é auto-engano, ilusão ou presunção nossa. Afinal, foi por isso que Cristo morreu na cruz, por cada um de nós. Entendam que o Evangelho (de salvação) é simples (e não complicado) para que qualquer um (mesmo o de pouco entendimento) possa ser alcançado por ele. A nossa salvação, que se tornou possível com o sacrifício de Cristo, não é por nossos méritos pessoais, mas apenas pela graça de Deus (ao que crê, que reconhece que é pecador, se arrepende de seus pecados e se torna uma nova criatura em Cristo, com este sendo realmente o seu Senhor).

    1. Marco Antonio Ridenti disse:

      O grande problema aqui está na visão equivocada quanto ao entendimento que a Igreja Católica tem da Salvação. Nós estamos em acordo em vários pontos e deveríamos primeiro colocá-los em evidência. Tanto Católicos quanto fiéis da Assembléia de Deus acreditam que a Salvação nos foi alcançada por Cristo, gratuitamente, e sem o nosso merecimento pessoal. A Igreja Católica nunca afirmou que a Salvação depende dos nossos méritos pessoais. Ela combateu essa heresia centenas de anos antes de a Assembléia de Deus existir.

      A diferença está no entendimento da abrangência e significado da palavra crer. Os teólogos e doutores da Igreja Católica sempre entenderam que crer é mais abrangente do que simplesmente acreditar. Inclui também o compromisso pessoal total e completo à Cristo pela obediência e ação do Espírito Santo. Veja que São Paulo deixa claro que a Fé sem Caridade de nada vale. Portanto, acreditar apenas não é suficiente. Crer é suficiente, mas neste sentido muito mais abrangente. Cristo mesmo o diz: ” Muitos dirão a mim naquele dia: ‘Senhor, Senhor! Não temos nós profetizado em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios? E, em teu nome, não realizamos muitos milagres?’” (Mt 22,23). Se a Salvação não está garantida nem mesmo aos que profetizaram em nome de Jesus, como é possível que esteja garantida aos que apenas acreditam?

      Algo que me admira nos fiéis da Assembléia de Deus é seu comprometimento com a Palavra de Deus. No fundo, as discordâncias são apenas justificativas para a disputa de fiéis e de espaço, quando na realidade o verdadeiro desejo de Deus é a unidade de todos os seus discípulos em uma só Igreja.

  4. Fernando Alves disse:

    Esse texto é uma ótima desculpa para sermos crentes de banco de igreja, e mais nada.
    Afinal, fé sem obras é uma fé morta.
    Pois Jesus Cristo mesmo disse:
    Mt 25:36-46
    “O Rei responderá: ‘Digo a verdade: O que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram’.
    “Então ele dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Malditos, apartem-se de mim para o fogo eterno, preparado para o Diabo e os seus anjos.
    42 Pois eu tive fome, e vocês não me deram de comer; tive sede, e nada me deram para beber;
    43 fui estrangeiro, e vocês não me acolheram; necessitei de roupas, e vocês não me vestiram; estive enfermo e preso, e vocês não me visitaram’.
    44 “Eles também responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome ou com sede ou estrangeiro ou necessitado de roupas ou enfermo ou preso, e não te ajudamos?’
    45 “Ele responderá: ‘Digo a verdade: O que vocês deixaram de fazer a alguns destes mais pequeninos, também a mim deixaram de fazê-lo’.
    46 “E estes irão para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna”

  5. Antonio Santiago disse:

    Este texto é uma vergonha para a própria Assembléia de Deus (por tê-lo divulgado).

  6. Fernando Alves disse:

    Por acaso, na Bíblia de quem escreveu esse artigo falta a página abaixo?
    Mateus 25:36-46
    36 necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram’.
    37 “Então os justos lhe responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome e te demos de comer, ou com sede e te demos de beber?
    38 Quando te vimos como estrangeiro e te acolhemos, ou necessitado de roupas e te vestimos?
    39 Quando te vimos enfermo ou preso e fomos te visitar?’
    40 “O Rei responderá: ‘Digo a verdade: O que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram’.
    41 “Então ele dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Malditos, apartem-se de mim para o fogo eterno, preparado para o Diabo e os seus anjos.
    42 Pois eu tive fome, e vocês não me deram de comer; tive sede, e nada me deram para beber;
    43 fui estrangeiro, e vocês não me acolheram; necessitei de roupas, e vocês não me vestiram; estive enfermo e preso, e vocês não me visitaram’.
    44 “Eles também responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome ou com sede ou estrangeiro ou necessitado de roupas ou enfermo ou preso, e não te ajudamos?’
    45 “Ele responderá: ‘Digo a verdade: O que vocês deixaram de fazer a alguns destes mais pequeninos, também a mim deixaram de fazê-lo’.
    46 “E estes irão para o castigo eterno, mas os justos para a vida

  7. Claudio disse:

    Os evangélicos são engraçados. São sempre vítimas. São sempre perseguidos. Estão sempre com a razão. Quanta falta de humildade. Quanta cegueira. Qual a dificuldade de viverem a fé de vocês sem se incomodarem com a fé dos outros? É recalque?
    Vocês sim, perseguem os outros. São muito chatos. Como pode alguém que mal se converteu, virar pastor, fundar uma igreja e já sair pregando o evangelho sem nem o conhecer profundamente? A bíblia não é um livro de ensino médio que você decora e já pode ir ensinando os outros. Esses mal formados pastores, saem falando um bando de baboseiras e fazem uma lavagem cerebral nas pessoas fracas e vulneráveis emocionalmente só porque tem o dom da palavra. Tem o dom da palavra, mas usam para benefício próprio e tirar vantagem de pobres coitados que estão precisando de apoio espiritual verdadeiro.
    O que mais odeio nisso tudo é quererem obrigar as pessoas a aceitarem suas teorias. Querem empurrar de qualquer jeito. À força. Ninguém pode ter seu ponto de vista. Quanta soberba se acharem os profetas de Deus. Os donos da palavra. Os únicos iluminados e abençoados. Os mais inteligentes.
    Convertam os outros pelo exemplo e não pela palavra. Já fui católico. Tenho minhas restrições a alguns ensinamentos e credos católicos. Mas, ainda assim ela ainda me simpatiza muito mais que as igrejas evangélicas. Ainda me sinto impelido de entrar numa igreja católica para conversar um pouco com Deus. – Sei que posso conversar com ele em qualquer lugar e a qualquer momento, nem precisam me falar isso. – Até o budismo me agrada mais. Neles vejo realmente muito mais humildade e discernimento que em pastores evangélicos que desfilam por suas igrejas em comunidades humildes, dentro de suas pick-ups importadas, e depois dos cultos voltam para suas grandes mansões, casas de praia, apartamentos luxuosos comprados em nome da igreja que representam.
    Enquanto isso, após o culto, seus fiéis vão para os pontos de ônibus.
    Vocês realmente são recalcados. Parem de criticar a igreja católica e outras religiões, e quem sabe conquistem o respeito da sociedade formadora de opinião deste país.

  8. Verdade de Jesus! disse:

    Qual a Igreja verdadeira???
    -Se o protestantismo é a religião verdadeira, qual de suas milhares igrejas espalhadas pelo mundo é a única VERDADEIRA? Pois existem mais de 60 mil igrejas protestantes só apenas no Brasil. E cada uma delas prega de acordo com seu próprio entendimento particular (é comum ver um mesmo assunto ser tratado completamente diferente em âmbito de cada igreja protestante!). E só existe uma Verdade, não pode um assunto ser tratado de forma diferenciada para cada igreja protestante! “Antes de tudo, sabei que NENHUMA profecia da ESCRITURA é de interpretação pessoal” (2 Pd, 1, 20). Sabe-se que a “divisão” vem do Diabo, enquanto que a “união” vem do Senhor! Então, a divisão do Corpo de Jesus em milhares de igrejas, vem de Deus ou do diabo???
    -Onde está na Bíblia que devemos sair fundando igrejas por aí a bel-prazer?
    -Onde está na Bíblia a reforma protestante a ser seguida?
    -Se os católicos adotam a Bíblia como livro sagrado, e os protestantes acusam os católicos de idolatras, então os protestantes não são também idolatras? Pois eles também seguem o mesmo livro que os católicos seguem! No passado, os protestantes acusavam a Igreja Católica de corrupta! No presente, a acusam de idolatria! E no futuro, os protestantes acusarão a Igreja fundada por Jesus de que???? Acusar é tática de Satanás!!! È o diabo quem acusa os nossos pecados!
    -Os protestantes afirmam que os católicos são contra a leitura da bíblia. Será mesmo? Eu creio que sejam os protestantes, pois eles tiraram 7 livros da Bíblica.
    O protestantismo é cheio de contradição. Olha o tamanho da contradição. Os protestantes chamam o livro de Baruc de apócrifo, mas o interessante é que a Bíblia DELES diz que não! Veja em Jr 36, 4: “ Jeremias chamou então BARUC, filho de Nerias, QUE ESCREVEU EM UM ROLO, conforme o ditado de Jeremias, TODAS AS PALAVRAS QUE O SENHOR LHE DIRIGIA”. ( E AGORA, HEIN PASTOR PROTESTANTE, O QUE DIZER????)
    Outra contradição do protestantismo. Se o pastor protestante tem autoridade para em nome de Jesus celebrar sacramento, a exemplo do casamento, por que não tem autoridade também para em nome de Jesus perdoar os pecados??? (se ele for realmente discípulo de Jesus faria o que está escrito em Jo 20, 21-23, e perdoaria os pecados em nome dEle)
    Até o diabo tem Jesus como Senhor (Jesus falava e o diabo obedecia!). Os protestantes afirmam que tem Jesus como Senhor!
    Será mesmo que de fato o protestantismo tem Jesus como Senhor????
    Hum, por que então os protestantes não aceitam o ensinamento de Jesus sobre a confissão dos pecados? (Jesus falou aos seus discípulos que se perdoardes os pecados dos homens, serão perdoados; se não perdoar, não serão perdoados. Jo 20, 21-23); Por que os protestantes não tem Maria como mãe? (Jesus na cruz falou que Maria é a nossa mãe! Jo 19, 27). Por que os protestantes não admitem o celibato? Jesus falou a respeito do celibato (Mt 19, 29 ) e 1Cor 7, 33;. Por que o protestantismo não admitem a existência de anjo-da-guarda? Jesus falou que temos anjos protetores (Mt 18, 10); Por que os protestantes julgam e condenam os outros (de idolatria, homofobia etc)?. Jesus nos ensinou que não devemos condenar, nem o próprio Jesus condenou ninguém aqui na terra (Jo 3, 17; Mt 15, 24). Por que então os protestantes condenam os outros de idolatras, de homossexualismo etc? Afinal de contas, que é o senhor para o Protestantismo? Creio que não seja Jesus o Senhor das igrejas protestantes, pois se fossem ADOTARIAM OS ENSINAMENTOS DE JESUS! E estariam congregando na Igreja fundada por Ele, e não em igrejas fundadas por homens, pois homem nenhum tem autoridade para fundar Igreja, só Deus pode fundar Igreja! Creio que se homem tivesse autoridade para fundar igreja, não precisaria Deus ter enviado seu Filho aqui na terra para fundar a sua igreja e morrer no Calvário pelos nossos pecados.
    Ao final, fica a pergunta: -Protestantes, nessas passagens abordadas acima, o que devo fazer com elas? É para rasgar? Se Jesus é o Senhor de vós, por que então não obedecer a tais ensinamentos? Quem tem Jesus como Senhor, o escuta e obedece (assim diz a Sagrada Escritura)!

    Vejo muito o Protestantismo preocupado com a vida financeira, a prosperidade financeira, que foi criada a “Teoria da Prosperidade”. Segundo ela, eu tinha 1 carro. Conheci Jesus e agora tenho dois carros. Ele me ensinou a CONQUISTAR! (mas não é o que diz o Evangelho de Jesus).
    Essa TEORIA DA PROSPERIDADE FINANCEIRA é CONTRÁRIA ao que ensina a Bíblia! Veja a seguir:
    “Porque os PAGÃOS de todo mundo é que buscam tudo isso [não vos inquieteis com o que haveis de comer ou beber nem andeis com ansiedade]. Vosso Pai sabe que tendes necessidade de tais coisas. Vós, porém buscais antes o seu Reino e isto recebereis de acréscimo” (Lc 12, 30)
    Segundo o Evangelho de Cristo, antes de conhecer Jesus, eu tinha 2 pães. Conheci Jesus e agora tenho apenas 1 PÃO, pois Ele me ensinou a REPARTIR!
    Portanto, Jesus nos ensinou a Teoria da repartição e não a teoria da prosperidade financeira (presente e cultivada nas igrejas protestantes!).

    1. Terezinha disse:

      A Igreja Verdadeira são as pessoas. Não importa se é católico, assembleia de Deus, presbiteriana, luterana, etc. É aquela que segue os ensinamentos de Jesus e recebe o Espírito Santo. Amém.

  9. Raul disse:

    A Igreja verdadeira, única, de Jesus, fundada pelo Espírito Santo, é aquela que, segundo o apóstolo Paulo, se constitui na universal assembleia dos primogênitos que estão inscritos no céu (Heb.12:23). A primogenitura, aqui, expressando a grande importância, o privilégio de ser inscrito no Reino Celestial, através da nossa salvação. Atos 2:47 explica e esclarece, de uma vez por todas, que o Senhor acrescenta à Igreja os salvos (os que foram inscritos no céu, no livro da vida), e apenas estes. Assim, a verdadeira Igreja é aquela formada somente pelos salvos! É por isso que os evangélicos insistem na questão da salvação dos pecadores, que a doutrina católica romana tanto dificulta. Que igreja verdadeira é essa que torna a salvação um processo tão complicado e difícil e em que seus fiéis não tem certeza da sua salvação? Pra que Jesus morreu na cruz, então, se não podemos ter certeza da nossa salvação? A Igreja evangélica representa, pois, um reaparecimento e retorno aos padrões da Igreja primitiva, pura, formada nos primórdios do Cristianismo, no tempo apostólico, buscando não haver desvios da sã doutrina. Ela atualmente tem alguns problemas? Sim, principalmente porque estão infiltrados nela alguns falsos pastores, enganadores e aproveitadores, depreciando a sua imagem. Isso é inevitável, porque o mundo jaz no maligno e o homem é pecador. Mas, a Igreja evangélica em geral é formada, basicamente, pelos pecadores arrependidos, salvos, tementes a Deus e crentes no Senhor, tendo a Jesus como único e suficiente Salvador. A Igreja cristã verdadeira é, portanto, constituída pelos salvos (os nascidos de novo, do Espírito). Isso é bíblico, decreto divino. Ninguém pode contestar.

  10. Ezequiel disse:

    Queria dar uma dica para o pessoal que faz comentários:
    Não escrevam textos longos, ninguém perde tempo lendo -os.

    Com relação ao artigo escrito o autor enfatiza a necessidade da fé verdadeira em Jesus Cristo para obtermos a salvação. As boas obras não nos garante a salvação, mas nos darão galardão (prêmio) quandro entrarmos no céu.

    Deus é justo e recompensará cada cristã segundo as suas obras, mas no entanto todos seremos salvos pela, tendo muitas, poucas ou nenhuma obra.

  11. Ezequiel disse:

    Queria dar uma dica para o pessoal que faz comentários:
    Não escrevam textos longos, ninguém perde tempo lendo -os.
    Com relação ao artigo escrito o autor enfatiza a necessidade da fé verdadeira em Jesus Cristo para obtermos a salvação. As boas obras não nos garante a salvação, mas nos darão um galardão (prêmio) quandro entrarmos no céu.
    Deus é justo e recompensará cada cristão segundo as suas obras, mas no entanto todos seremos salvos pela fé em Cristo somente mesmo tendo muitas, poucas ou nenhuma obra.

  12. Verdade de Jesus! disse:

    Sabe-se que a Bíblia proíbe a poligamia (marido ter várias esposas). Se a igreja é a ESPOSA do Cristo, e aqui no Brasil existem mais de 60 mil igrejas protestantes, então Jesus só no Brasil possui mais 60 MIL ESPOSAS????? Isso não é PECADO????

    Homem tem autoridade para constituir ESPOSA para Cristo? (ou seja, homem tem autoridade para FUNDAR IGREJA????!!!) SÓ QUEM TEM AUTORIDADE PARA FUNDAR IGREJA É DEUS!!! HOMEM NÃO TEM AUTORIDADE PARA CONSTITUIR A ESPOSA DE CRISTO!!! JOÃO BATISTA NA BÍBLIA JA DIZIA Q ELE SEQUER ERA DIGNO DE AMARRAR AS SANDÁLIAS DOS PÉS DE JESUS, QUE DIRÁ NÓS TERMOS AUTORIDADE PARA CONSTITUIR A ESPOSA DE CRISTO!!!! PORTANTO, igreja protestante não existe, pois homem não tem autoridade para fundar igreja. Será q é válido os sacramentos ministrados pelas igrejas protestantes??? Acho q nem precisa responder.

    1. ezequias jr disse:

      Muito bonitinho o termo citado “várias esposas” por Verdade de Jesus! disse: em 18 de maio de 2013 às 02:21

      Não há várias esposas em várias igrejas, e sim uma esposa em todas elas.

      Denominação não titulo de esposa de Cristo.

      Até mesmo a Igreja Católica, que se acha unica, está toda dividida.

      Jesus é o caminho a verdade e a vida.

      Que realmente o seguir, sim, será sua esposa.

      Tenho dito.

  13. Raul disse:

    Igreja vem de “ekklesia” que é a assembleia dos chamados para fora (do pecado), ou seja, dos santificados em Cristo, dos nascidos de novo (vivificados, salvos pelo Espírito Santo). Os salvos, da Igreja, tornam-se membros do corpo de Cristo. A Igreja, formada pelas pessoas salvas, é uma instituição divina, de Jesus, erigida pelo Espírito Santo. Ela não é a congregação dos religiosos, mas dos verdadeiramente convertidos a Cristo, dos salvos cujos nomes estão escritos no céu, inscritos no livro da vida. Quem não é nascido de novo, salvo, quem não tem certeza de sua salvação não pertence à Igreja de Cristo! Isso é bíblico. Não importa a opinião da pessoa mas sim o que diz a Palavra de Deus. Os evangélicos salvos (não nominais) pertencem à Igreja de Cristo. Todo o que sabe que é salvo (pelo testemunho do Espírito para si) é membro da Igreja.

  14. Verdade de Jesus! disse:

    Na minha opinião, o que os líderes protestantes (excluidos os seus fiéis) tão querendo AO ACUSAR A IGREJA CATÓLICA, eles visam adquirir assim mais fiéis para poderem ter mais dinheiro com o dizimo DELES! (como o caso acima que a Igreja Assembléia de Deus acusa a Igreja Católica). Pois JESUS MESMO FALOU QUE DEVEMOS FORMAR 1 (UM) SÓ REBANHO E 1 (UM) SÓ PASTOR!!!!(JOÃO 10, 16). Mas não vejo esse ensinamento de Jesus sendo RESPEITADO, pois a cada dia mais o Corpo de cristo é dividido com a criação de INÚMEROS REBANHOS E PASTORES PELAS IGREJAS PROTESTANTES!!!!! Jesus é o Senhor dos protestantes? Se é, então por que NÃO RESPEITAM ESSE ENSINAMENTO DELE?????

  15. Verdade de Jesus! disse:

    “A Esposa de Cristo não pode adulterar, é fiel e casta. Aquele que se separa dela saiba que se junta a uma adúltera, e que as promessas da Igreja já não os alcança. Aqueles que abandonam a Igreja não esperem que Jesus Cristo o recompense, é um estranho, um proscrito, um inimigo. Não pode ter Deus por Pai no céu quem não tem a Igreja por mãe na terra.”

    (S. Cipriano – Bispo de Cartago, 258)

  16. Raul disse:

    Infelizmente, o “Pastor” maior do Catolicismo Romano incentiva clara e abertamente, a todo o seu clero e corpo de fiéis, inúmeras doutrinas anti-bíblicas e teologias absurdas, tais como a adoração a criaturas (tal como a figura de Maria) e não apenas ao Criador, como exige Romanos 1:25. É dito que apenas se “reverenciam” as criaturas, para justificarem seu grave erro, mas pode-se ver nitidamente que esse não é o caso. Poderia-se citar, aqui, muitos outros desvios teológicos sérios mas isso não é necessário visto que são evidentes e por demais conhecidos. Dessa forma, infelizmente temos de perguntar: quem é a “adúltera” ou a infiel, ou, o que é mais importante: quem realmente faz parte do Corpo de Cristo? É triste ter que comentar, aqui, tal tipo de coisa, tão já bem conhecido e que não deveria mais ser objeto de discussão. Mas a verdade é que a Igreja de Jesus, O CORPO DE CRISTO, NÃO É DIVIDIDO, pois ele é formado apenas e tão somente pelos salvos pelo sangue de Jesus! Isso é indiscutível. E quando se fala, na Bíblia, de UM SÓ PASTOR, se está dizendo que ESSE PASTOR É JESUS! E o REBANHO, é evidentemente, todo o conjunto de crentes no Senhor, salvos e inscritos no livro da vida celestial. Não tem como escapar disso e afirmar outra coisa. E só para replicar às acusações feitas aos evangélicos: quem tem mais dinheiro, incontáveis propriedades vitalícias espalhadas ao redor do mundo ocupadas pelos seus templos, obras de arte valiosíssimas, banco próprio, poder e influência política global participante de atos corruptos, etc., que também arrecada ofertas e dízimos, senão o Vaticano? Quem praticou perseguições, torturas e homicídios a cristãos inocentes durante o longo período da Inquisição? O rebanho de Cristo faria isso? Por que a Inquisição nunca é lembrada pelo fiel católico romano? E as questões da imoralidade, da pedofilia e do homossexualismo, tão ligadas ao sacerdócio romano, podem fazer parte do rebanho de Cristo?

  17. Fabricio Sampaio disse:

    Paz..
    Enquanto “Cristãos” publicam textos ” como este; Enquanto “Cristãos” ficam se ofendendo com palavras, acusações, prepotências, falta de respeito com os irmãos;
    Enquanto nós “Cristãos” tomamos partido, minando a divisão, o preconceito, o ódio; Enquanto Igrejas brigam por Territórios SATANÁS FAZ A FESTA!!!!!!!!!!!
    Irmãos, não percamos tempo discutindo qual religião é melhor ou a mais Santa, somos todos pecadores e estamos buscando a Salvação em Jesus Cristo. Desse modo estamos sendo Bem-aventurados? Vamos nos preocupar com nossa fé e também com nossas obras, vamos Evangelizar principalmente com nosso testemunho.
    Vamos orar por todas as Igrejas, todas tem sua importância para as comunidades e para o Reino dos Céus. “A messe é grande mas os operários são poucos”.
    Um abraço para todos. Deus nos abençoe e nos dê a Paz.

  18. flavio disse:

    O que esse cara que escreveu sabe sobre católicos? Será que ele não sabe que a bíblia que ele tanto respeita foi escrita por católicos e que, portanto, somente os católicos tem direito e competência para entende-la? Quer ser protestante? Seja um dos bons e reconheça que a igreja católica é sua mãe. Sim, até os filhos mal criados têm mãe.

  19. Elinaldo Galdino disse:

    So uma sugestão, ao evangelizarmos não precisamos falar de religião, igreja ou denominações, devemos levar o evangelho de forma pura, e deixar que o Espirito Santo convença o homem, Jesus deixou os seus ensinamentos, e a igreja primitiva não era a igreja Catolica Apostolica Romana, essa veio surgir depois, bem depois, bem como as demais igreja evangelica, mais isso não tira o merito da igreja que realmente ensina a Palavra, vamos mudar o foco, vamos ler a Bíblia sem resentimento, nem preocupação da igreja que voce está, peça ao Espirito Santo que o oriente e abra os seus olhos espirituais para voce enxergar se está realmente sendo ensinado conforme a Palavra de Deus a Biblia Sagrada, peça a Ele Deus para orientá-lo e conduzir seus passos, sse onde voce estiver a Palavra de Deus o que está na Biblia não é comprida, então voce procure mudar, apenas tenha o cuidado de saber que estamos na terre e que somos falhos e que toda igreja seja ela protestante, catolica ou outra qualquer tem homens falhos, voce tem que ver se estão ensinando a verdade biblica, faça a sua parte e Deus tomara conta de quem fizer errado, o que devemos é aceitar a Jesus como nosso Salvador, ter a Ele como nosso Senhor, fazer a vontade dele, tem que haver mudança de vida, se voce estiver num lugar que tudo que voce fizer é normal, prostituição, farras, bebedices e outras coisas contraria a Palavra de Deus, se não exige a santificação, a fé em um Unico Deus, leia a Bíblia e busque direção do Espirito Santo que Ele está pronto para fazer,saiba que Jesus vem, Ele morreu por mim e por voce, eu preciso a cada dia buscar a santificação, e voce também, pois Jesus vem buscar um povo santo, que esteja com as vestes pura, lavada no Sangue de Jesus, igreja do Senhor é eu e voce se estivermos santificados, e e voce só seremos a igreja de Cristo se realmente estivermos puros, lavados no sangue de Jesus, essa é a noiva do Cordeiro e não as denominações, como catolicos e protestantes, mais precisamos de uma igreja(denominação) para recebermos orientação espiritual, congregarmos e fazer parte da comunhão dos irmãos uns com os outros e levarmos juntos a boa semente da salvação, não vomos fazer polemica que não leva a nada, vomos lutar para chegar ao céu , contemplarmos o nosso Deus, Jesus morreu por mim e por voce,Jesus te ama, ele espera um sim, que voce o aceite como Senhor e salvador de sua vida, se um dia não encontrar com nenhum de voces aqui nessa terra, esse é o meu desejo de encontra-lo no céu para junto ceiarmos com o nosso Salvador Jesus, Deus espera a tua decisão Jesus te ama

  20. Verdade de Jesus! disse:

    O que esse cara que escreveu sabe sobre católicos? Será que ele não sabe que a bíblia que ele tanto respeita foi escrita por católicos e que, portanto, somente os católicos tem direito e competência para entende-la? Quer ser protestante? Seja um dos bons e reconheça que a igreja católica é sua mãe. Sim, até os filhos mal criados têm mãe.

  21. Verdade de Jesus! disse:

    Pode um filho ensinar ao Pai? Não é o Pai que deve ensinar ao filho? Se é assim, por que os protestantes querem ensinar aos católicos? O Protestantismo nasceu de Lutero! Lutero era um PADRE! Logo, as igrejas protestantes são filhas do Catolicismo! E filhas rebeldes, pois não são obedientes aos ensinamentos de sua Mãe, a Igreja Católica! (eu não sei por que não entra na cabeça de protestante : Que Maria não é adorada, pois o Deus da Igreja Católica é o Pai, o Filho e o Espirito Santo; tanto é que durante a eucaristia, celebramos o corpo e sangue de CRISTO RESSUSCITADO, e não o corpo e sangue de Maria!). Maria é nossa auxiliar! Jesus mesmo na cruz no livro de João, falou que MARIA É A NOSSA MÃE! Se vocês protestantes, seguem a Jesus, por que não seguem esse ensinamento dele? (JO 19, 27).

  22. Raul disse:

    O texto, que não foi escrito pela Assembleia de Deus (apenas reproduzido por ela), fala muito apropriadamente (com base bíblica e, também, uso de referências católico-romanas) sobre a justificação pela fé, com a imputação da justiça de Cristo aos que creem, à parte dos méritos pessoais ou boas obras. Ele explica aos católicos romanos essa vital doutrina bíblica, que leva à salvação, e que os católicos, por a rejeitarem, estão desperdiçando algo que é preciosíssimo. Seguramente, podemos ter certeza de nossa salvação! Quem não tem essa segurança, está a negar o Evangelho de Cristo, a rejeitar a ação do Espírito Santo na sua vida e deixando de fazer parte da Igreja de Jesus na Terra.
    O Protestantismo representou um reavivamento mais intenso da Igreja do tempo apostólico, da época primitiva (como no tempo a partir do livro de Atos), e formada por pessoas salvas. A Igreja prosseguiu ao longo do tempo, desde os seus primórdios, mas permaneceu um tanto estagnada, com pequeno crescimento, antes da Reforma. A partir da Reforma, a Igreja sofreu um impulso maior na direção da sua expansão, visto que ela é formada apenas pelos salvos em Cristo e não por pessoas meramente religiosas, adeptas de uma instituição religiosa humana ou formada por cristãos nominais. As pessoas destas três últimas categorias não constituem a Igreja de Cristo.

  23. Verdade de Jesus! disse:

    Eu jamais seria Protestante… Sabem o por que? Porque jamais seria PROTESTANTE DA IGREJA FUNDADA POR JESUS, A QUAL É SANTA, CATÓLICA, APOSTÓLICA E ROMANA. E a pessoa que fundou a IGREJA QUE EU SIGO (Jesus), É UM DEUS, E ELE NOS DEU GARANTIA QUE NEM AS PORTAS DO INFERNO PREVALECERÃO SOBRE SUA IGREJA (evangelho de Mateus, capítulo 18. v. 18). E digo mais, a pessoa que fundou minha Igreja que eu congrego, essa pessoa NOS JULGARÁ NO DIA DO JUÍZO! ( muito diferente das igrejas protestantes, que são igrejas fundadas por homens, não há garantia nenhuma que elas sempre existirão, não há garantia que o inferno prevalecerá sobre elas, e ATÉ A PESSOA QUE A FUNDOU SERÁ JULGADA! Na minha igreja não, a pessoa que a fundou, ELA NÃO SERÁ JULGADA, MAS JULGARÁ AS NAÇÕES!). Por isso, me sinto bem e feliz por ser CATÓLICO!!!!!!

  24. Verdade de Jesus! disse:

    (Leiam!!!!) Eu JAMAIS seria Protestante… Sabem o por quê? Porque jamais seria PROTESTANTE DA IGREJA FUNDADA POR JESUS, A QUAL É SANTA, CATÓLICA, APOSTÓLICA E ROMANA. E a pessoa que fundou a IGREJA QUE EU SIGO, É UM DEUS (Jesus), E ESSE DEUS NOS DEU GARANTIA QUE NEM AS PORTAS DO INFERNO PREVALECERÃO SOBRE SUA IGREJA (Evangelho de Mateus, capítulo 16. v. 18). E digo mais, a pessoa que fundou minha Igreja que eu congrego, essa pessoa NOS JULGARÁ NO DIA DO JUÍZO! ( muito diferente das igrejas protestantes, que são igrejas fundadas por HOMENS – e não por Deus, e não há garantia nenhuma que elas sempre existirão, e também não há garantia que o inferno prevalecerá sobre elas. E mais, ATÉ A PESSOA QUE FUNDOU A IGREJA PROTESTANTE, ELA TAMBÉM SERÁ JULGADA! Na minha igreja não, a pessoa que a fundou (JESUS), ELA NÃO SERÁ JULGADA, MAS JULGARÁ AS NAÇÕES!). Por isso, me sinto bem e feliz por ser CATÓLICO!!!!!! Nem o diabo é protestante da Igreja fundada POR JESUS, pois até o diabo reconhece Jesus COMO SEU SENHOR, respeitando-lhe seus ensinamentos!!!! (vários ensinamentos de Jesus não são respeitados pelas igrejas protestantes. Talvez o maior seja aquele ensinamento que Jesus disse na cruz, ao afirmar que Maria é A NOSSA MÃE (Jo 19, 27). Portanto, quem segue a Cristo segue seus ensinamentos! E quem rejeita os seus ensinamentos, não é cristão! Pois o Cristão tem Maria COMO MÃE!!! Portanto, não é cristão quem não tem Maria como mãe, mas PAGÃO!!!!!

    1. Serva de Deus! disse:

      A paz do Senhor Jesus!!! Venho responder esse comentário não querendo ser melhor ou querendo saber mais que ninguém, venho apenas dividir o que tenho aprendido na Palavra de Deus, através da revelação do Espirito Santo de Deus (João 16:12-14).
      -Precisamos ler a Bíblia: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” João 8:32
      “O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento;” Oséias 4:6
      “Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.” Mateus 22:29
      -Antes de ler, ore pedindo a Deus que lhe dê entendimento.
      -Na Palavra de Deus deixa-nos bem claro que não devemos adorar outro ser, mas somente a Deus! “Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás.” Mateus 4:10
      -Não podemos adorar ou ter imagens: “Não terás outros deuses diante de mim.” Êxodo 20:3
      “Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.” Êxodo 20:4
      “E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.” Romanos 1:23
      -Querido irmão não venho aqui falar mal de Maria, mas quem fazia milagres? Era Jesus ou Maria? Jesus já existe desde o principio da criação do mundo, Ele veio em forma de homem para morrer pelos nossos pecados e ressuscitou; Maria foi achada em santidade para conceber Jesus, mas se não fosse ela seria outra; A gloria pertence a Deus e não ao homem! Respeitamos ela como serva de Deus, mas não podemos coloca-la acima de Jesus. Porque de Deus é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. (Mateus 6:13)
      -Tudo que escrevi esta na Bíblia, pode conferir.
      -Não estou dizendo para você mudar de igreja, mas para não praticar coisas que não agradam a Deus, por isso LEIA A BÍBLIA! Busque a Deus em primeiro lugar! Jesus esta voltando!

      Que Deus te abençoe!

      1. flavio disse:

        De fato, tudo está na bíblia, mas a interpretação está na sua cabecinha fechada. Se reconhece a bíblia concebida pela igreja católica (o novo testamento) porque não reconhece a verdadeira igreja do Senhor? Você está alienada.

        1. Andson Gonçalves. disse:

          Irmão, Jesus nos ensinou a amar o próximo. Por isso, amo a todos até mesmo pessoas como você que esta atravessando por caminhos tortuosos e espero sinceramente que encontre Deus!
          Sou católico e amo minha religiosidade e estudo a respeito.

          “ame os outros como si mesmo”

  25. João Franca disse:

    Reconheço que Maria a mãe terrena de JESUS, foi uma Bem-Aventurada, uma Escolhida, que adorou a JESUS durante a gestação, amamentação, infância, adolescência, juventude e inclusive acompanhado-o até a Cruz do Calvário. MARIA SE FEZ PERFEITA ADORADORA. Mas jamais a Bíblia diz que é para adorarmos a Maria. Pelo contrário, a Bíblia afirma que:

    1. É impossível comunicação com os mortos. ( os restos mortais de Maria estão na cidade do Vaticano).

    2. Somente JESUS CRISTO DE NAZARÉ, intercede por nós junto ao Pai;

    3. DEUS abomina a idolatria e nos proibiu de construirmos imagens de escultura;

    4. O Batismo Bíblico, tem como maior exemplo o Batismo de JESUS, que conscientemente com 30 anos de idade, pediu a João Batista que o batizasse, foi nas Águas e por Imersão (Rio Jordão);

    5. A Ceia do Senhor, segundo a Bíblia, é para comermos o Pão que representa o corpo de JESUS e bebermos o vinho que simboliza o Sangue de Cristo, em memória Dele até que Ele volte. (A ICAR inventou a hóstia e a trans-substânciação que não é Bíblica);

    6. O amado irmão, não conhece nada da história da ICAR, pois ela foi fundada muito depois, do dia negro do Cristianismo, quando o Rei Constantino, baixou um decreto, obrigando a todos que fossem batizados na ICAR, isso lá pelos anos 360 depois de Cristo.

    7. Quanto a passagem citada pelo irmão … esta mal interpretada … pois a própria Maria, mãe terrena de JESUS, disse nas Bodas de Canaã: Fazei tudo que Ele vos disser.

    Então amado, faça tudo que JESUS DISSE:

    Deixe de ser um simples religioso e comece a imitar o exemplo de Maria (a mãe terrena de JESUS), seja um verdadeiro adorador, que adore a DEUS em espírito e em verdade. Amando a DEUS e ao próximo e deixando de ser um simples religioso.

    Pois JESUS não criou nenhuma religião.
    Quando Ele Disse Tu és Pedro (Petrus que quer dizer pedra) e sobre esta pedra (JESUS), edificarei a minha igreja. Ele estava afirmando que nós somos as PEDRAS VIVAS, nós somos a IGREJA.

    SEJA ABENÇOADO, COM A MEDITAÇÃO E A VIVÊNCIA DA PALAVRA DE DEUS.
    Amém Amado irmão anônimo.

    Deixo um versículo para a sua meditação.

    CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ.
    Evangelho de João 8:32 – SAGRADAS ESCRITURAS

  26. Raul disse:

    A “Verdade de Jesus” é que Jesus não fundou o Catolicismo Romano. A história mostra isso. A verdadeira Igreja de Cristo é aquela unicamente formada por pessoas salvas, convertidas ao Cristo, nascidas de novo do Espírito, conforme Deus nos ensinou na sua Palavra! A Igreja de Jesus, da qual o evangélico que é convertido e salvo, participa, foi fundada pela ação do Espírito Santo de Deus e não por nenhum reformador protestante. Os reformadores apenas retomaram a sã e pura doutrina, o Evangelho da salvação, que não estava sendo posto em prática pelo Catolicismo Romano. E até hoje, os católicos romanos não se sentem salvos do poder do pecado e da morte eterna, não se sentem nascidos de novo do Espírito, não se sentem novas criaturas em Cristo, não adoram e servem apenas ao Criador mas também às suas criaturas, etc., como a revelação divina afirma que deve ser e fazer a verdadeira Igreja de Jesus, o Corpo, de Cristo. Católico romano, busque a sua salvação, enquanto é tempo.

  27. Sebastião disse:

    O mau dos protestantes é que eles pensam que a bíblia caiu do céu com zíper e tudo. a verdade, e isso eles não querem admitir, é que sem a igreja católica o novo testamento tal como conhecemos hoje não teria existido. foi a igreja católica quem definiu quais livros eram ou não inspirados. sem essa intervenção da igreja, talvez tivéssemos mais de 500 livros no novo testamento e alguns livros que constam hoje jamais estariam na bíblia, como carta aos hebreus, carta de tiago, apocalipse de joão, evangelho de mateus, etc, e poderiam estar, a carta do rei abgaro a jesus e a resposta de jesus ao rei abgaro, o apocalipse de Pedro, o evangelho de tomé, o evangelho de Maria Madalena e tantos outros. Jesus disse que a igreja seria atacada pelo diabo, mas o diabo não a venceria. se a igreja católica era a única igreja no início do cristianismo e depois ela foi atacada pelo diabo e igreja pecou e se afastou de cristo, então o diabo venceu a igreja católica. ora se a igreja foi vencida pelo diabo, logo, cristo mentiu. e estamos acreditando em um mentiroso. mas cristo não mentiu, pois o diabo, embora tenha lutado e continua lutando contra a verdadeira igreja, ele jamais a venceu. tanto não venceu, que a igreja católica continua até hoje. ao contrário das “igrejas” protestantes que vivem sendo criadas e fechadas. onde estão os anabatistas, os luteranos, os calvinistas, e tantas outras denominações que se ficaram esquecidas no tempo, pois não estavam alicerçadas nas promessas de cristo, a de que estaria com a igreja até o final dos tempos. e as palavras de cristo continua sendo verdadeira e permanecerá assim até o final dos tempos. a igreja no fim sairá vitoriosa, porque a igreja católica não é uma igreja de um livro, chamado bíblia, como é a pseudo igreja protestante, mas é o próprio corpo de cristo que vive em meio a tribulações e ressuscitará vencendo o mal. é o próprio corpo de cristo que se faz presente na história do homem conduzindo para o dia da salvação. as igrejas protestantes, sim, são obra do diabo, pois é ele quem divide. enquanto cristo une, o diabo tenta dividir. ainda vive muito forte as palavras de cristo a Pedro: “Simão, tu me amas? Apascentas as minhas ovelhas.” e a igreja católica, como sucessora de Pedro, continua apascentando as ovelhas de cristo. Apascentar não é fazer a pessoa adquirir bens materiais, como prega a falta doutrina protestante da prosperidade, que é um engodo que leva ao inferno, mas é a doação e a partilha entre os irmãos que leva a vivência do corpo de cristo e ao verdadeiro caminho da salvação, pois é o desapego aos bens materiais, que fortalece o espírito, pois onde está o seu tesouro, aí estará o seu coração. mas a igreja, como toda mãe, estará sempre de braços abertos para o seu filho. fora da igreja católica não há salvação, pois fora do corpo de cristo e de sua promessa não há como fazer parte da barca de Pedro, tal como aconteceu com a barca de noé. sem a fé em Deus não haveria como fazer parte da barca de noé, assim, sem a fé na igreja de cristo, que é a igreja católica, não há como fazer parte da barca de Pedro, a quem ele disse: “apascenta as minhas ovelhas”.

  28. Sebastião disse:

    nesta quinta-feira, o sbt exibiu uma entrevista do apresentador ratinho com o pastor silas malafaia, e dentre os assuntos abordados, o ratinho perguntou ao pastor sobre o celibato. o pastor saiu pela tangente, não quis opinar, mas soltou uma frase: “se o papa é sucessor de Pedro, cristo curou a sogra de Pedro.” e aí deixou a conclusão no ar. deu a entender que Pedro teve esposa e que por isso o celibato não tem sentindo, haja vista que o Pedro era casado. sim, Pedro teve sogra, logo era casado. o que o pastor não explicou, e isso ele foi leviano, é que quando Pedro conheceu cristo ele já era casado e não casou depois que conheceu cristo. quando Pedro foi chamado por cristo para o seguir, ele não mais coabitou com a sua esposa, e se ela já tivesse falecido, ele não casou com outra mulher. em nenhum momento a bíblia fala da esposa de Pedro. o que demonstra que talvez ela já tivesse falecido. mas o importante é que após Pedro ser chamado por cristo, ele se tornou celibatário, pois não consta na bíblia ou em qualquer escrito da época que Pedro tenha tido outra esposa. o celibato não significa ser virgem, mas viver a castidade a partir da conversão. o próprio cristo pregou e era celibatário, ou vão dizer que cristo coabitou com mulher? Paulo pregava o celibatário, embora não fosse virgem, pois Paulo quando se converteu ao cristianismo já tinha certa idade, e que portanto, já tivesse coabitado com mulher. santo agostinho também não era virgem, pois era casado, mas quando se converteu ao cristianismo, pois ele era ariano, seguia as doutrinas de ário, tornou-se celibatário. os pastores pregam contra o celibato porque eles não são capazes de viver a tentação do sexo, como são capazes muitos padres. a carne deles, dos pastores, é fraca, e mais fraco ainda é o espírito, pois não é capaz de vencer as tentações da carne. todos os apóstolo se tornaram celibatários, embora alguns deles quando conheceram jesus não eram virgens. muitos padres da igreja pregaram o celibatário, como agostinho, jeronimo, Inácio de Loiola, felippe de antioquia, cipriano e tantos outros. essas pessoas lutaram para que o cristianismo fosse o que é hoje e o protestantismo simplesmente os ignoram, como se os ensinamentos de Lutero e Calvino fossem superior, que aliás, leram muitos esses primeiros cristãos. os pastores não defendem o celibato porque pregam em benefício próprio. o celibato não é para todos, pois se todos nós formos celibatário, a humanidade deixaria de existir, pois não nasceria mas ninguém, mas todos somos convidados por cristo a viver o celibato. quem cuida das coisas do senhor, há de cuidar apenas das coisas do senhor e que cuida da família há de cuidar apenas das coisas da família. é nesse sentido que o celibato deve ser vivido. se vc opta em viver como pastor, padre, monge, enfim, viver das coisas do senhor, é melhor que não se case, que viva o celibato na sua íntegra, para que não fique dividido entre as coisas do senhor e da família. Paulo é mais rígido, ele disse que o ideal é que ninguém se case, mas se não for possível, que se case para que não se abrase. veja que Paulo coloca o celibato em primeiro lugar. mas ele sabe que isso não é possível para todos, pois a humanidade tem que continuar, aí ele roga para que se case. mas para alguns, como pastores, padres, bispos e demais sacerdotes, isso é sim possível e aí ele roque para que se torne celibatário tal quanto ele, para que tenham tempo para a igreja.

    1. Pri disse:

      Querido do que adianta pregarem o celibato se muitos padres não conseguem se manter castos? é da natureza humana se ter relações, porque muitos não tem relações aos olhos de seus fieis, mais já ouvi de próprios padres amigos meus, pois não faço diferença entre pessoas, porque Cristo nos ensinou a amar a todos, porque o único que pode nos julgar é só ELE JESUS, então ouvi eles falarem que a maioria se masturba, procura prostitutas e tantas coisas mais… então não venha falar que eles são santos porque não são, a bíblia é clara sobre isso o único santo que existiu foi nosso SENHOR e SALVADOR JESUS CRISTO, o ÚNICO que viveu e não pecou, e se os padres fossem santos eles ja estariam nos céu não aqui passando pela vida e tendo que morrer e serem julgados como qualquer um de nós, e depois outra coisa errada, quem disse que eles tem autoridade de perdoar pecados? porque confessar os pecados a simples mortais como nós que em nada podem mudar nossa salvação? somente JESUS CRISTO perdoa os pecados, nos purifica SOMENTE ELE… santa ignorância e tudo isso porque? Porque simplesmente não buscam ler e interpretar as SAGRADAS ESCRITURAS, pois a bíblia é muito clara, E CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ!!!!!!! então meu querido, estude a palavra do Senhor Jesus, pede a ELE a revelação porque o Amado ESPIRITO SANTO vai te conduzir e mostrar a verdade… Padre, pastores, apóstolos, missionários, crentes, catolicos, espiritas, macumbeiros, ateus TODOS irão passar pelo grande dia que é o julgamento do SENHOR JESUS, então TODOS não somos santos, mas buscamos a santidade do SENhor!!!!!! Que o amado Espirito Santo conduza teu caminhar e lhe mostre a sua verdade que liberta

  29. Rafael disse:

    Bom, o Joao Franca disse um monte de inverdades históricas e teológicas, o quê demosntra falta de estudo e querer saber o quê a Igreja Católica realmente é.
    1. Não seria bem comunicação já que não recebemos uma resposta em pessoa. O quê sabemos, que está na Bíblia, é que os santos sabem o quê acontece aqui na terra e que eles não param de fazer orações a Deus. Quando rezamos para um santo estamos pedindo pra que ele reze por nós a Deus. E como eles estão juntos de Deus, suas orações seriam, digamos, mais ouvidas. Por favor leia apocalipse e os primeiros cristão como santo agostinho, orígenes, santo ambrósio, etc etc….
    2. Interpretação claramente errada. Se somente Jesus intercede por nós ao Pai eu não poderia rezar por outras pessoas. Você não intercede, reza, por outras pessoas?
    3. Isso é verdade. Idolatria é um pecado grave. Ah..você está se referindo a Maria e o santos né? Bom, primeiro estude a diferença entre idolatria e veneração. As imagens, representações de Maria e dos santos é só uma forma, símbolo, que nos remete a essas pesoas e nos faz recordar o quanto a graça de Deus age nesse nosso mundo. Quando prestamos reverência, não é à imagem em si, à representação, mas sim à pessoa que para nós é um exemplo de cristão. A propósito há representações de Maria, Jesus, apóstolos desde o início do cristianismo, nas catacumbas quando a Igreja ainda era perseguida. É só buscar na net. E vários “ora pro nobis”, mostrando que pediam intercessão dos santos, mártires já noinício.
    4. NaBíblia todos eram batizados adultos por quê ninguém tinha sido batizado ainda, já que Jesus ainda não tinha ressucitado, até a morte de Cristo era somente batismo de conversão. Leia os primeiros cristãos e você vai ver que crianças eram batizadas, pois não era somente de conversão, mas sim, digamos, para limpar a mancha do pecado original.
    5. Na Ceia Jesus disse “esse é o meu Corpo, esse é o meu sangue” . Não está claro? Se fosse apenas um símbolo Jesus teria dito já que quando falavam com linguagem simbólica para as pessoas Ele logo explicava aos doze. Aqui não havia necessidade de falar de modo enigmático já que estavam somente eles na Ceia. Sugiro leitura das cartas de Paulo onde ele fala sobre o assunto, e também dos primeiros cristãos.
    6. Vamos relembrar um pouco de história. Os cristãos eram perseguidos e mortos de várias maneiras em todo o império romano, correto? Quem mais sofria eram os quê estavam em roma, por motivos óbvios. Cada cidade tinha um bispo, ex. Bispo em coríntio, bispo em éfeso, bispo em alexandria, bispo em roma, etc. Esses bispos consideravam o bispo de roma não como o melhor bispo, mas como o principal, ao qual os outros deveriam estar unidos. Isso se deve a Pedro ter sido bispo e martirizado em roma. Isso está documentado em várias cartas da época, não tem como negar. Constantino fez com quê o cristianismo parasse de ser perseguido. Isso é ruim? E logo após o fato, Constantino mudou a capital do império para, hoje, Contantinopla e deixou roma aos, digamos, cuidados do bispo de roma, que a partir de então, era quem mandava. Isso é ruim? O cristãos pré constantino são os mesmos do pós constantino. Faziam as mesmas coisas, mesmas ideias..é só questão de estudar…
    7. Jesus não fundou uma Igreja? Ele não reuniu doze apóstolos? Ele não deu as chaves a Pedro, primeiro entre os apóstolos? Não deu poder de perdoar pecados aos doze? Não disse que estaria SEMPRE com eles e que o Espírito lhes mostraria toda a verdade? Onde estava esse Espírito por 1.500 anos que só após Lutero mostrou a verdade? Por quê após Lutero teve uma enchurrada de igrejas diferentes cada uma falando doutrinas diferentes? Pax

  30. Verdade de Jesus! disse:

    Se quem está com a Verdade não teme (no caso, vocês protestantes!), por que vocês apagam meus comentários? Pois a Verdade não teme a Mentira! Se vocês estão com a Verdade, então por que temer a Mentira (já que consideram nós católicos como os errados)? Enquanto os cães latem, a caravana passa!!! Os Brasileiros são descendentes de portugueses, e em Portugal NEM SE FALA EM PROTESTANTISMO!!! Lá o protestantismo não encontrou terra fértil para se multiplicar, pois Pais desenvolvido é país sério (se aqui fosse o Brasil fosse país sério, essas seitas protestantes já teriam sido fechadas. Até Angola, país pobre e miserável, proibiu as igrejas protestantes brasileiras lá pois estavam enganando as pessoas!!!!).

    Protestantismo é DIVISÃO! O Senhor, pelo contrário, é o Pai da União e Comunhão!!! Não provem do Espirito Santo do Senhor a criação e divisão do Corpo de Jesus pelas infinitas igrejas protestantes, mas sim do diabo, pois o diabo é O PAI DA DIVISÃO!!!

    Essas seitas protestantes existem no mundo, porque infelizmente existe o ERRO NO MUNDO!!!

    Reconheçam que a Igreja Católica é a Mãe de vocês!!!! Essas igrejas protestantes são filhas rebeldes que emanaram de dentro de seu seio. A Bíblia fala que no final dos tempos, os filhos matarão os pais! Ora, tá na cara, que as filhas protestantes da Igreja Católica vão querer matá-la um dia!!!! (No passado acusavam a Igreja Católica de corrupta; Hoje a acusam de idolatra! E no futuro, vão acusá-la de que hein protestantes?)

    DEIXEM A SUA MÃE, IGREJA CATÓLICA, EM PAZ!!!!!

    1. Pr. Guedes disse:

      Meu Amigo, a Paz!

      Penso que você já exerceu com a mais perfeita liberdade e senso de justiça de nossa parte seu direito de defesa. Somente que seus comentários têm se tornado muito ácidos a ponto de se tornarem ofensivos. Se o senhor entende que sua igreja é única e perfeita. Amém, que assim seja. O texto trata-se de um post, onde também nós temos a liberdade de publicar ou reproduzir da mesma forma que o senhor se acha no direito de fazê-lo.

      Outrossim, qualquer pessoa inteligente, como o senhor, saberá distinguir entre um texto produzido por nosso e um texto reproduzido pelo mesmo site. Assim, o bom leitor verificará que o artigo não é nosso, mas de John Ankerberg e John Weldon, como consta na introdução do artigo e no seu final. Recomendamos que o senhor os procure e justifique suas posições religiosas junto a eles. John Ankerberg já escreveu 91 livros com foco em assuntos religiosos. O site pelo qual poderá se comunicar com ambos é: http:www.chamada.com.br

      O texto em nada difama a Igreja católica ou ofende a honra de pessoas, posto que em nenhuma situação demonstra apelo pessoal. Como cristão, o amado tem um ódio muito grande em relação aos protestantes e mostrou-se incapaz de receber críticas ou (ler) contradições à doutrina e aos fatos relacionados com a sua igreja. Muitos sites católicos criticam veementemente nossa igreja evangélica e o senhor não vai encontrar em nenhum deles uma crítica sequer deste site. Sua Igreja não é prefeita, tampouco a nossa o é, porque igreja perfeita existirá somente no Céu. Assim, todas são passíveis de críticas e dignas de repreensão.

      Portanto, assim como nos comportamos com coerência e critérios com respeito a outros endereços nas redes sociais, pedimos a sua compreensão e moderação em seus comentários. Quanto ao uso de seus direitos segundo o artigo da constituição supracitado, fique à vontade. Também conhecemos nossos direitos, não sendo leigos e tendo em nossos quadros advogados e juristas para defender nossos postulados e pontos de vista.

      Que Deus lhe abençoe.

  31. Verdade de Jesus! disse:

    Uma observação: Espero que não apague mais meus comentários, pois estou exercendo meu DIREITO DE RESPOSTA previsto constitucionalmente no art. 5º da CF/88. Se apagarem as minhas respostas, pretendo procurar os meios judiciais cabíveis para que eu possa exercer meu direito de resposta, pois infelizmente ele está sendo desrespeitado!

    É muito feio o próprio site da igreja protestante ficar falando mal de uma Igreja grandiosa e respeitada! Se entrar no site do Vaticano, irão ver que não tem nada de calúnia e desrespeito para com nenhuma religião!!! VOCÊS DA IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS SÃO OS MELHORES? SÃO OS DONOS DA VERDADE????

    1. Pr. Guedes disse:

      Meu Amigo, a Paz!

      Penso que você já exerceu com a mais perfeita liberdade e senso de justiça de nossa parte seu direito de defesa. Somente que seus comentários têm se tornado muito ácidos a ponto de se tornarem ofensivos. Se o senhor entende que sua igreja é única e perfeita. Amém, que assim seja. O texto trata-se de um post, onde também nós temos a liberdade de publicar ou reproduzir da mesma forma que o senhor se acha no direito de fazê-lo.

      Outrossim, qualquer pessoa inteligente, como o senhor, saberá distinguir entre um texto produzido por nosso e um texto reproduzido pelo mesmo site. Assim, o bom leitor verificará que o artigo não é nosso, mas de John Ankerberg e John Weldon, como consta na introdução do artigo e no seu final. Recomendamos que o senhor os procure e justifique suas posições religiosas junto a eles. John Ankerberg já escreveu 91 livros com foco em assuntos religiosos. O site pelo qual poderá se comunicar com ambos é: http:www.chamada.com.br

      O texto em nada difama a Igreja católica ou ofende a honra de pessoas, posto que em nenhuma situação demonstra apelo pessoal. Como cristão, o amado tem um ódio muito grande em relação aos protestantes e mostrou-se incapaz de receber críticas ou (ler) contradições à doutrina e aos fatos relacionados com a sua igreja. Muitos sites católicos criticam veementemente nossa igreja evangélica e o senhor não vai encontrar em nenhum deles uma crítica sequer deste site. Sua Igreja não é prefeita, tampouco a nossa o é, porque igreja perfeita existirá somente no Céu. Assim, todas são passíveis de críticas e dignas de repreensão.

      Portanto, assim como nos comportamos com coerência e critérios com respeito a outros endereços nas redes sociais, pedimos a sua compreensão e moderação em seus comentários. Quanto ao uso de seus direitos segundo o artigo da constituição supracitado, fique à vontade. Também conhecemos nossos direitos, não sendo leigos e tendo em nossos quadros advogados e juristas para defender nossos postulados e pontos de vista.

      Que Deus lhe abençoe.

      1. Rogerio disse:

        O grande fato é que, as igrejas falam mal uma das outras para não perder seus fieis. É preciso falar mal do catolicismo e tentar trazer fieis de lá pra cá para sua igreja aumentar. Não tenho muito a dizer sobre esse post, apenas digo que, na Umbanda onde vou não se fala de outras religiões, falamos sempre de Deus e de como ajudar as outras pessoas. Não nos importamos se vamos perder fieis ou não, se quem dá todo seu dinheiro a igreja universal está errada ou não. Auxiliamos que nos procura e tentamos manter a máxima de Jesus: A CARIDADE E O AMOR AO PRÓXIMO.

        1. Pri disse:

          ué se a igreja católica é a unica dona da razão a certinha porque muitos fiéis a tem deixado para se tornarem protestantes?
          Vocês conhecem a biblia que o padre prega, mais não conhecem de ter intimidade com a palavra de Deus… porque quem tem intimidade não precisa de ficar rezando para outros mais sim ao unico intercessor que na biblia fala que intercede por nós com gemidos inexplemiveis que é o nosso amado Espirito Santo!
          Gente acorda não existe a religião certa ou errada, Jesus falou que nós somos a igreja, NÓS!!!!!!! Eu e você, cada um é a igreja de Cristo, a placa da católica, da assembleia, da Cristã, da Maranata e outras mais vão ficar quando JEsus voltar, mais nós é quem iremos subir ou não. Igreja não salva, quem salva é JESUS somente ELE!
          Muitos católicos estão vivenciando o protestantismo porque tem encontrado a verdade que eles não encontraram em outro lugar. Então pare e reflita e conheça o que a palavra de Deus fala!

  32. Paulo César disse:

    Tenho lido alguns comentários acima, e vejo como o amigo romano é raivoso, por favor leia:
    I CO 6:9-11 Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas,
    10 nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.
    11 E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus

    leia ainda:
    APOCALIPSE 21
    8 Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.
    APOCALIPSE 22
    11 Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.
    12 E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.
    13 Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro.
    14 Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.

    15 Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.

    16 Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã.

    Que o Espirito Santo lhe fale ao coração, não importa a sua igreja, se você estiver fora dessas classe de pessoas e se o seu nome estiver escrito no livro da vida, então não se preocupe, deixe o clero combater, porque acredito que você não é teólogo e não poderá combater com pessoas que se dedica ao estudo das Escrituras.

    APOCALIPSE 20

    O juízo final
    11 E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles.
    12 E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.
    13 E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras.
    14 E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte.
    15 E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.

  33. Luciano disse:

    Sou católico e se Deus quiser nos encotraremos lá no céu, e vamos perceber que nossas incompreensões, sempre estiveram nas mãos de Deus.

  34. Fernando disse:

    A verdade é que os católicos e outros segmentos adoram imagens de pedra, de paus, de todos os tipos. Atualmente estão adorando o papa, um homem comum. É preciso adorar a Deus acima de tudo. Não somos perfeitos, somos pecadores, mas adoramos à um só Deus, aquele que criou o homem e todo o universo. E vamos adorá-lo e honrá-lo, até a morte.

    1. Andson Gonçalves. disse:

      Irmão te desejo de coração que Deus te perdoe por atacar seus próximos, espero que seu coração deixe de ser amargo e sirva ao senhor Deus todo poderoso, vou orar por você.

    2. flavio disse:

      Se você vivesse o que você diz já seria um ótimo começo. O problema é que vocês não conseguem viver como verdadeiros cristãos pois renunciaram a Igreja de Cristo. Renunciaram o pão da vida e brigam pelas migalhas de ignorância disfarçadas de verdade. Venderam um caricatura da Igreja Católica Apostólica Romana e você comprou.

      1. Fernando disse:

        Flávio, entrega o teu caminho ao Senhor Deus, confia nele, e ele tudo fará por você. Não confie em imagens confeccionadas por homens, elas não falam, não respiram, precisam ser carregadas.
        Confie em Deus, e no filho, Jesus Cristo. O único, O todo poderoso.

  35. josué disse:

    gente que comentarios são esses? mais respeito com as religioês dos outros é bem capaz de muitos católicos subirem e vocês ficarem vigiem poi não sabeis, o dia nem a hora que vira o filho do homen eles não adoram sua santidade o papa francisco 1 e nem a Maria nem a imagens de pedra ou de gesso ou de qualquer outro material eles adoram somente a Deus que nos protestantes (evangelicos) tambem adoramos estudem primeiro a origem e os principios e a doutrina da sanat igreja católica depois dê sua opinião! obs.eu sou protetstante da Assembleía de Deus!

  36. danilo disse:

    Aos treze anos de idade fui convidado a participar de um encontro de jovens católicos. Inicialmente recusei, mas depois de muita insistência acabei indo. No início os encontros não me falavam nada. Mas, com o passar do tempo passei a me sentir profundamente amado por Deus, de modo que, muito cedo, minha consciência começou a se despertar para uma realidade que, até então, ignorava completamente. Numa determinada ocasião, tive uma experiência de amor tão forte que acabei me derramando em lágrimas. O amor de Deus passou a ser tão concreto para mim que o mínimo que eu podia fazer era retribuir de alguma forma. Lembro-me que na minha cidade morava uma mulher muito pobre que por causa da diabete amputou a perna. Sentia no meu íntimo um imperativo que me impelia a fazer alguma coisa para suavizar o sofrimento daquela pobre mulher. Então, tive a ideia de abordar algumas pessoas conhecidas a fim de que todas as semanas juntássemos uma cesta básica para ela, visto que, no momento, não havia nenhum programa do governo que assistisse sua indigência. Repeti este gesto até o dia da sua morte. Não me sinto justificado por esta e outras ações de caridade que me sinto impelido a praticar. Também não me recorde de ter ouvido alguma vez que salvação seja alcançada com os merecimentos humanos, mas, ao contrário, que é dom gratuito proveniente do sacrifício redentor de Jesus. O que houve, na realidade, foi que uma corrente chamada de “Teologia da Libertação” defendia essa teoria da ação quase justaposta à redenção. Contudo, essa corrente foi rechaçada pela Teologia oficial da Igreja, de modo que muitos destes teólogos foram silenciados (a exemplo de Leonardo Boff, entre outros). Hoje tenho 35 anos e agradeço a Deus por aquele convite ocorrido a 21 anos. Sinto-me feliz com o que Deus proporciona ao meu coração na minha religião. Por isso, achei oportuno apresentar meu testemunho aqui com a finalidade de colaborar com a reflexão. Que Deus abençoe a todos.

    1. Denis disse:

      Verdade! É preciso conhecer melhor o pensamento da Igreja Católica para poder acusá-la. Acusam-na de prática idolátrica, mas ninguém nunca ouvir falar que a igreja atribui caráter divinos aos homens e mulheres considerados santos. Mas, ao contrário, reconhece que nestes homens existe um exemplo de amor a Deus acima de todas as coisas. As imagens, na qualidade de símbolos, só servem para tornar visível uma silhueta que recorda o testemunho prestado por estes homens. Sou Católico e não me sinto idólatra porque sei que só o Senhor é Deus e que não há ninguém igual a ele. Todavia, alguns homens ao longo da história demonstraram uma entrega mais intensa a Jesus e que, portanto, servem de encorajamento para que se tenha coragem de entrega da vida incondicionalmente. As imagens foram proibidas na Lei de Moisés em vista do risco da idolatria praticada no paganismo do Mundo Antigo. Em contrapartida, constatamos que na confecção da Arca da Aliança a orientação de Deus a Moisés era que se fabricasse imagens de anjos que deveriam está dispostas sob a tampa da Arca da Aliança. Além disso, alguns achados arqueológicos na Ásia Menor verificou-se que em algumas ruínas de sinagogas haviam adereços que representavam querubins; Na cidade Roma existem catacumbas, lugares onde os cristãos dos primeiros séculos se escondiam das perseguições imperiais reproduziram ícones que contavam a história dos mártires. Este fato, nos induz a compreender que os cristãos de primeira linhagem não sentiam escrúpulos em tornar simbólico a figura de homens e mulheres que serviam de inspiração a seguir a Cristo até as últimas consequências. Não vim aqui para fazer uma provocação religiosa, mas com muito respeito a quem pensa diferente de mim! Peço até desculpas se estas palavras parecerem inoportunas aqui. Também não quero persuadir a quem é evangélico a se tornar Católico. Apenas quero mostrar que somos irmãos em Cristo, mesmo com algumas diferenças no entendimento da fé. Nós temos um único inimigo comum que é o mesmo que Cristo combateu. Trata-se do grande adversário de Deus e da humanidade que deseja levar a perdição os eleitos e consagrados pelo sangue do cordeiro de Deus. Deus nos abençoe a todos.

      1. Paulo disse:

        Nao tem problema algum oPapa ter se curvado e ter beijado a imagem de Nossa Senhora , visto que ela não eh um deus pagão, muito pelo contrário , eh uma imagem de uma serva fiel a Deus e como ela não existe outro servo.
        Se fosse errado se próstata diante de imagem e tão Josué não teria se prostrado diante da arca do Senhor quando perdeu as disputas das terras de Hj (Josué 7,3)
        O fato eh que quando nós prostramos mantemos o mesmo sentido,postura e meditação de Josué
        Afinal a arca da alianca
        Abrigava as escrituras do antigo testamento e representava o sinal da primeira aliança de Deus com o povo
        Maria eh a nova arca da alianca pois abrigou o verbo encarnado em seu ventre selando a nova e eterna aliança de Deus com o povo.
        Sendo assim veja nos católicos como modelo de Josué

      2. Raul disse:

        Há poucos dias atrás, no Santuário de Aparecida, o Papa Francisco se prostou com muita reverência e extrema atenção e dedicação à imagem de Aparecida, chegou a beijar uma imagem de escultura, dela, que recebeu de presente, e a apresentou à multidão como um importante símbolo a ser respeitosamente reverenciado, buscado, admirado e aplaudido. Note-se que o beijo tem um significado muito forte, profundo e especial. Foi tudo mostrado na tv, para quem não viu pessoalmente. O que representa, de fato, tudo isso? Com todo respeito aos católicos romanos, as Escrituras Sagradas certamente não incentivam e nem aprovam tal tipo de coisa, não só por causa da questão da imagem (de escultura, pintura, etc.) em si, mas também porque toda a nossa oração, reverência, louvor e adoração deve ser dirigida somente a Deus (exclusivamente a Ele), o nosso Criador. Evidentemente, não é razoável prestarmos reverência, louvor e/ou adoração à criatura (cujas imagens a estão representando), no caso da figura mariana ou outra, no lugar do Criador. Afinal, só Deus é digno disso, exatamente por ser Deus. Nenhum elemento (ou ser pessoal) de sua criação deve ser reverenciado ou adorado. O profeta Isaías, inspirado pelo Senhor, nos ensina que o próprio Deus disse que o louvor que a Ele deve ser destinado não pode ser dado às imagens de escultura (Isaías 42:8). Está aqui a proibição expressa pelo próprio Deus!!! As imagens de escultura têm remetido a deuses que não representam ao Deus verdadeiro, nas Escrituras, e à criaturas no lugar do Criador. Tanto é errado reverenciar ou adorar criaturas que o maior exemplo desse erro é o de Satanás (o anjo Lúcifer, caído, uma criatura de Deus), cuja maior aspiração é ser reverenciado e adorado por todas as criaturas, inclusive pelo homem, querendo usurpar um direito que pertence só a Deus. Assim, as imagens (e o que elas representam como falsos deuses ou criaturas) não podem e nem devem ser utilizadas por nós. E o nosso louvor, reverência e adoração tem de ser dados unicamente a Deus e não às suas criaturas. Que o Senhor abençoe a todos no entendimento dessa questão.

  37. Roberto disse:

    sou católico com muito orgulho. Acredito que tanto a igreja católica e as protestantes estão em caminhos diferentes, mas certos na visão de deus. Pq se formos citar o que estar na bíblia vcs estarão criticando a si mesmos, pq a bíblia foi feita pela igreja católica, por então imperador Romano constantine (o que liberou o cristianismo no império Romano). Ele só botou o que o interessava na bíblia, e convenhamos se hoje existe igreja protestante foi por causa de um padre da igreja católica(Lutero)!!!! Quem salva não e o pastor ou o padre , mais sim deus, somente ele. cada religião tem seus dogmas , temos que respeitar os outros primeiro para podermos ser respeitados.

  38. Willian brandt disse:

    É fato que a Bíblia condena a adoração a imagens, e por isso alguns protestantes usam esses trechos bíblicos para apoiar suas afirmações.

    Mas há uma diferença entre ídolos (imagens que são adoradas como se fossem deuses) e imagens que servem como uma lembrança e inspiração para as pessoas. Então, o fato dos católicos utilizarem imagens não significa que eles são idólatras (adoram as imagens como se fossem deuses). Quem faz isso, segundo a doutrina católica, não é católico.

    Existem passagens bíblicas que proíbem a fazer imagens e outras em que Deus ordena que se faça imagens. Deus pode se contradizer? Nós cristãos acreditamos que não, então deve haver uma explicação para isso, e vamos observar o que a bíblia diz para ter essa explicação. Caso não acredite na explicação, o que resta é a conclusão de que Deus se contradisse, o que nenhum cristão pode acreditar.

    No primeiro exemplo Deus ordena que uma serpente seja construída para que qualquer pessoa que olhasse para ela fosse curada. No momento esta serpente não era adorada, apenas a tinham como um instrumento de livramento que o seu Deus havia ordenado. Só a partir do tempo em que davam a essa serpente adoração e glória devidas a Deus que ela foi destruída. O mesmo se pode dizer dos anjos na arca e das imagens que tinha no tempo.

    Ele tirou os altos, quebrou as estátuas, deitou abaixo os bosques, e fez em pedaços a serpente de metal que Moisés fizera; porquanto até àquele dia os filhos de Israel lhe queimavam incenso, e lhe chamaram Neustã. (2Reis 18:4)

    O que está implícito aí é que a serpente foi preservada pelos que sucederam Moisés, como Josué, em tempos posteriores. Nesse caso, o problema não foi a confecção da imagem que foi ordenada pelo próprio Deus, mas a adoração como se fosse um Deus.

    Outro exemplo interessante são as imagens que estavam no templo, que, segundo a bíblia, eram revestidas de ouro (1Reis 6:21,22). Adiante o livro relata que:

    E no oráculo fez dois querubins de madeira de oliveira, cada um da altura de dez côvados. E uma asa de um querubim era de cinco côvados, e a outra asa do querubim de outros cinco côvados; dez côvados havia desde a extremidade de uma das suas asas até à extremidade da outra das suas asas. Assim era também de dez côvados o outro querubim; ambos os querubins eram de uma mesma medida e de um mesmo talhe. A altura de um querubim era de dez côvados, e assim a do outro querubim. E pôs a estes querubins no meio da casa de dentro; e os querubins estendiam as asas, de maneira que a asa de um tocava na parede, e a asa do outro querubim tocava na outra parede; e as suas asas no meio da casa tocavam uma na outra. E revestiu de ouro os querubins. E todas as paredes da casa, em redor, lavrou de esculturas e entalhes de querubins, e de palmas, e de flores abertas, por dentro e por fora. Também revestiu de ouro o soalho da casa, por dentro e por fora. E à entrada do oráculo fez portas de madeira de oliveira; o umbral de cima com as ombreiras faziam a quinta parte da parede. Também as duas portas eram de madeira de oliveira; e lavrou nelas entalhes de querubins, e de palmas, e de flores abertas, os quais revestiu de ouro; também estendeu ouro sobre os querubins e sobre as palmas. (1Reis 6:23:32)
    Os Querubins tinham 10 cúbitos, sendo que cada cúbito possui 50cm! Até mesmo o véu tinha Querubins 2Cr 3:7. Nas crônicas relata que tinha também animais:

    Fez também o mar de fundição, de dez côvados de uma borda até a outra, redondo, e de cinco côvados de altura; cingia-o ao redor um cordão de trinta côvados. E por baixo dele havia figuras de bois, que cingiam o mar ao redor, dez em cada côvado, contornando-o; e tinha duas fileiras de bois, fundidos juntamente com o mar. E o mar estava posto sobre doze bois; três que olhavam para o norte, três que olhavam para o ocidente, três que olhavam para o sul e três que olhavam para o oriente; e o mar estava posto sobre eles; e as suas partes posteriores estavam todas para o lado de dentro. (2Cronicas 4:2-4)
    O que podemos compreender nisso tudo é que o que Deus proíbe é a idolatria, que é diferente de veneração.

    Por isso que logo quando criticam a Igreja Católica dizendo que Deus condena a idolatria eu digo que é verdade, o problema é: o que é idolatria? Qual a definição bíblica de idolatria?

    Por isso fica um dilema para os que dizem que Deus condena a simples confecção de imagens: Ou Deus se contradisse, ou mentiu. A pessoa que acredita nisso não pode, de hipótese alguma, ser considerada cristã, pois para os cristãos Deus não pode mentir nem se contradizer. A única saída é acabar com o preconceito sobre a confecção de imagens e admitir que o que Deus proíbe é a adoração delas como se fossem um deus, o que se vê pelo contexto das proibições. Se não fosse isso, Deus não teria dado sua benção sobre o templo como a bíblia relata:

    E sucedeu que, saindo os sacerdotes do santuário, uma nuvem encheu a casa do SENHOR. E os sacerdotes não podiam permanecer em pé para ministrar, por causa da nuvem, porque a glória do SENHOR enchera a casa do SENHOR. (1Reis 8:10,11)
    É bom lembrar que a questão aqui não é o objetivo das imagens, mas se todo e qualquer tipo de imagem são proibidos por Deus. Se Deus abominasse, não teria enchido a casa com sua glória garantindo a aprovação de tudo que foi feito.

    Alguns se utilizam de subterfúgios como o dicionário para dizer que veneração tem o mesmo significado de adoração. Ora, a definição do dicionário é superior a definição bíblica? Além disso, o dicionário atribui o mesmo significado para “amar” e “honrar”, então Deus teria mandado os filhos adorar os pais?

    Quando não conseguem condenar o uso de imagens pela bíblia, com seu preconceito infundado, algumas pessoas apelam para a afirmação de que os cristãos primitivos não faziam o uso de imagens, o que é mentira. Qualquer um que observar as catacumbas cristãs primitivas vai perceber que eles faziam sim o uso de imagens, como se pode ver em pesquisas sobre as catacumbas cristãs. Esse é um dos vários motivos que se faz concluir que os cristãos primitivos eram mais católicos que protestantes, além das doutrinas que seguiam.

    É importante citar que a reforma protestante inicialmente não condenou o uso de imagens, já que como observamos, não é algo anti-biblico. Eles tratavam de outras questões como a justificação do cristão, por exemplo. Com o passar do tempo e o aumento do preconceito e implicância com o catolicismo, além da falta de conhecimento bíblico devido à Sola Scriptura (afinal, qualquer um poderia ler e concluir o que bem entendesse já que, segundo eles o Espírito Santo os inspiraria e daria entendimento), os protestantes criaram esse clichê anti-católico de que os católicos adoram imagens. Com essa atitude de ignorar a importância das imagens no cristianismo, algumas pessoas têm agido com extrema falta de respeito em outras ocasiões do culto que merecem reverência.

    Quero destacar, também, que quando se olha uma imagem não é para venerá-la, como se ela pudesse ver. A bíblia fala claramente que estátuas não ouvem, tocam ou enxergam. O que se faz é lembrar-se da pessoa retratada. Ninguém considera idólatra um filho que ama a mãe e vive recordando seu exemplo através de seu retrato (que é uma imagem), seria idolatria se o filho adorasse a mãe como se fosse o Deus criador do universo.

    É fato também que algumas pessoas dão honras exageradas aos santos, entretanto esse não é o ensino católico. Vários afirmam que os padres poderiam acabar com esse tipo de atitude apenas afirmando que não se deve adorar aos santos, e é o que fazem. Quanto a alguns que não conhecem piamente sua doutrina, é bom lembrar que Deus não leva em conta o tempo de ignorância. Por essas e outras razões que ainda serão apresentadas, não se deve julgar o todo por causa de uma pequena parte.

    Um exemplo desse julgamento é o que ocorre por conta do sincretismo religioso. É verdade que algumas pessoas atribuem os mesmos santos cristãos a divindades pagãs, como alguns “católicos” fazem? É verdade. Esse sincretismo ocorreu inicialmente com os negros, que, para poderem praticar seus cultos livremente, identificaram suas divindades aos santos cristãos. Mas isso não quer dizer que a doutrina da igreja permite. É verdade que alguns padres apóiam essa atitude? Também é verdade, mas isso acontece até mesmo no protestantismo com pastores que apóiam atitudes totalmente anti-cristãs, e quando não apóiam são coniventes com essa situação.

    Também desde os primórdios do cristianismo houve pessoas que implantavam heresias, e os lideres não estavam livres disse. Portanto, assim como não devemos dizer que todos os evangélicos pisam no sangue de Cristo quando fazem sacrifícios vãos e apóiam doutrinas contrárias à própria escritura, também não devemos julgar toda a igreja católica por conta de uma pequena parte (pois isso ocorre principalmente no nordeste do Brasil). Por conta disso alguns objetam que o uso de imagens leva a idolatria. Isso algumas vezes é verdade, como a bíblia mostra que aconteceu com o povo de Israel, mas nem por isso Deus condenou a sua fabricação, principalmente na arca e no templo. Assim como as musicas muitas vezes levam a idolatrar os músicos e alguns pregadores são exaltados nas alturas, mas não se deixa de fazer musica e pregar devido seu beneficio.

    Além dessas situações relatadas na bíblia, é bom lembrar que ela fala de formasiguais que apresentam objetivos diferentes. Para que entenda melhor essa questão, pode-se lembrar de musicas com um mesmo ritmo, tocadas por instrumentos idênticos, mas com mensagens totalmente opostas. Algumas fazem apologia à violência, enquanto outras trazem mensagens de paz. Ou um médico que abre o corpo para salvar uma vida e um psicopata que o faz por prazer mórbido. Ambos possuem a mesma forma (abrir um corpo ou possuir o mesmo ritmo), mas têm objetivos diferentes.

    As situações narradas pelas escrituras são semelhantes. Alguns se ajoelham para venerar, como forma de respeito e veneração (1 Reis 1:16; 2 Samuel 14:4; 1 Reis 18:7; Rute 2:10), outros como adoração a ídolos ou a Deus.

    Pedro foi prudente falar para o homem que se ajoelhou diante dele pois sua cultura era essencialmente idólatra. João se prostrou diante do Anjo para adorar, o anjo disse para adorar a Deus. O versículo diferencia a forma do objetivo. Assim como o medico abre um corpo para salvar vidas e outro faz o mesmo para matar, João fez com o objetivo errado. Isso faz total sentido pois o anjo não o exortou porque se ajoelhou, mas por causa do objetivo de adorar.

    Nem sempre se adora ajoelhado, ou se ajoelha adorando. Por isso, como observamos, na cultura judaica, se prostrar não é necessariamente adorar. Por esses motivos a forma (ajoelhar) não se configura sempre ao mesmo objetivo, que pode ser venerar, adorar ou até mesmo fazer zombaria.

    Idolatria, como foi visto não é confeccionar imagens como lembrança ou respeito, mas tratar a criatura como se fosse o criador. Caso os protestantes que defendem isso levassem essa distorção da verdade a sério, e não apenas como preconceito (isso porque nem todos cometem esse erro), não teriam fotos, lembranças artesanais ou até mesmo imagens nos livros que falam contra imagens.

    Nesse ponto, não se pode continuar ir de encontro a verdade e afirmar que confeccionar qualquer tipo de escultura é adoração e é condenado por Deus, mas apenas a idolatria, que nem sempre se dá com imagens esculturais.

    Em suma: Deus proíbe os ídolos, não as imagens. Tanto que ordenou que dois anjos fossem postos na arca e que Salomão (seu escolhido para construir o templo) colocou várias imagens de tamanho consideráveis no Templo, atitude que foi aprovada por Deus. Por isso qualquer pessoa honesta intelectualmente deve pensar duas vezes antes de chamar os católicos de idólatras e considerar qualquer imagem um ato de idolatria.

    Autor: Jonadabe Rios Eu não critico nenhuma igreja só apenas eu a defendo a minha ea respeito a do meu proximo

  39. Willian brandt disse:

    SOU CATÓLICO amo a DEUS primeiramente e a virgem maria jamais mudarei para outra igreja mas eu a respeito

  40. Raul disse:

    O profeta Isaías, inspirado pelo Senhor, nos ensinou que o próprio Deus disse que não dava a sua glória a ninguém e que o louvor que a Ele deve ser destinado não pode ser entregue às imagens de escultura (Isaías 42:8).

    Há pessoas que se curvam e se prostam à imagens religiosas. Alguns chegam até mesmo a beijá-las, como fez o próprio Papa Francisco com a imagem de Aparecida. Ele também a levantou apresentando-a à multidão como se representasse um ícone religioso muito especial. Alguns tocam as imagens como se elas transmitissem poderes especiais, etc.

    Não precisamos, como cristãos, utilizar uma imagem que representaria, por exemplo, a pessoa de Jesus, para dirigir uma oração a Ele, ou durante um momento de louvor ou adoração ao nosso Deus. Além disso, como muito importante a se destacar, oração, louvor, adoração, reverência etc., devem ser dirigidas unicamente a Deus (nosso Criador) e não às suas criaturas (como Maria, por exemplo), seja diretamente a elas ou representadas por quaisquer imagens!

  41. iran disse:

    Essas colocações estão confusas, eu nunca ouvi um padre e nem li no catecismo que não somos salvos pela fé em cristo jesus. E mais as obras são tão importante como a fé, ter uma e não possuir a outra é como remar com apenas um remo. A FÉ SEM OBRAS É MORTA TIAGO 2:14-17.

  42. Mauricio disse:

    Mas o que é isto? é medo de perder seus fiéis? ficar atacando outras instituições que seguem uma doutrina diferente, não faz de vocês mais corretos ou próximos de Cristo, Deus não é somente saber a palavra é sentir, compartilhar é amor ao nosso irmão.

  43. Jucimar Pereira dos Santos disse:

    A Bíblia também ensina e deixa bem claro que não devemos acumular tesouros na terra para não serem consumidos pelas traças e pela ferrugem. Já que vocês seguem a Bíblia ao pé da letra porque não pegam toda a riqueza acumulada por vocês e não distribuem aos pobres, não partilha entre os irmãos. Bando de hipócritas !! Se desapeguem dos bens materiais, vão viver corretamente o que a Bíblia ensina e deixe de ficar atacando as outras religiões. Vivam a sua vida e deixe que o Poder de Deus irá conduzir todo o processo!!

  44. Raul disse:

    Os evangélicos se preocupam muito com a salvação de todos, pois isso é ordenança divina. Por isso, criticam, construtivamente, as religiões que negam (ou muito dificultam) a salvação do pecador. Essa salvação é garantida pela revelação bíblica (dos profetas, de Jesus e dos apóstolos). Foi pela salvação dos homens que Jesus se ofereceu na cruz e se deixou ser morto. Só Ele se deu por nós, pelos nossos pecados. Não há salvação fora de Jesus. Há instituições religiosas que até creem e afirmam que Jesus é o nosso Salvador (do poder do pecado), mas que, na prática, formulam doutrinas que afirmam que ninguém pode ter certeza de que é salvo, que a salvação se constitui num longo processo que depende de nossas obras, de nossas práticas religiosas, dos sacramentos, das penitências, de passagem por lugares que não existem (tal como o purgatório), etc., ou seja, que dificultam ao extremo ao pobre pecador buscar e alcançar a sua salvação eterna. O Evangelho da salvação é simples e eficaz não necessitando de inúmeras ações e atitudes nossas para que o alcancemos. Basta que nos conscientizemos, sinceramente, que somos, de fato, pecadores, que carecemos do perdão de Deus, que nos arrependemos de nossos pecados e que cremos e aceitamos o sacrifício que Jesus fez por nós pagando a nossa pena pelo pecado no nosso lugar. Com isso, o Espírito Santo de Deus age sobre nós, nos perdoando e regenerando, nos transformando em novas criaturas, agora sim feitos verdadeiramente filhos de Deus e herdeiros do céu e da promessa divina. A salvação é unicamente pela fé no Cristo e pela graça de Deus, agora, enquanto podemos exercer essa fé. Deus abençoe para que os homens entendam a mensagem de salvação das Boas Novas e alcancem sua salvação, sem se deixarem confundir pelas complicadas religiões que afastam as pessoas dessa salvação.

  45. Carlos disse:

    Como sempre as discussões tolas !!os que criticam imagens adoram o dinheiro, e os que criticam o dinheiro adoram imagens,pra mim todos idolatras !! se o bem que recebes não é compartilhado com os que necessitam, este próprio bem já é fruto de vaidade, vaidade esta que diz que sou alguma coisa pelas coisa que possuo, e pela posição que possuo, vaidade!! na vida de Cristo vemos que ele sendo sumo sacerdote não uso desta posição para viver de aparência desta posição,(como fazem pastores e papas) pelo contrario, vivia como sem nunca fora sumo sacerdote, totalmente diferente do papa e pastores, que prefere ter a posição e os elogios do povo e claro a riqueza terrena poder terreno, posição terrena por fim (666)..( todo poder vem do alto, mais não vejo ninguém se não com o poder de baixo…os homens se enriquecem mais no entanto não fazem uma sociedade melhor para todos mais sim para alguns, acordos escusos de lideres religiosos com lideres políticos, com o intuito de controlar o povo para ter uma vida farta nesta vida, o por coincidentes tato lideres católicos como lideres evangélicos vivem uma vida farta enquanto o povo esta em miséria, a meu ver todos hipocrisias….pastores ricos e o papa que diz não possuir nada em seu nome mais usufrui de toda a riqueza da igreja, bom se alguém deixar vc morar em uma mansão cheia de fartura por toda sua vida, vc se importa de que esteja em seu nome ou o bom é usufruir de tudo !! a meu ver pouco importa que esteja em meu nome insuflou como se estivesse, esta de que papa e padres não tem nada é uma boa astúcia pra viver uma vida boa nas costa dos tolos, e muitos pastores já são discara-dos mesmo manipulando escritos para viverem com fartura outro bando de astutos, graças ao um povo que escuta mais a vos dos homens do que a de Deus, mais claro que vão escutar homens os interesses são os mesmo, lábios doce como mel, ele disse se o povo que se chama pelo meu nome der ouvido as minhas palavras terei este povo como meu povo,povo perfeito de obras perfeitas, Deus não é bom porque o bem não é perfeito, as pessoas se importam de serem boas, quando o que importa é ser justo, o amor e a justiça andam juntos, o justo não faz diferenças entre pai mãe irmãos vizinhos ou paretes ou estranhos, mais vos fazeis estas diferenças pelo bem, ao invés de fazerem a justiça igual a todos, se vínculos familiares que corrompe nosso caráter pelo que queremos fazer a nossos parentes e familiares, e negamos a justiça(que é Cristo) o mesmo disse se não negares pai e mãe por amor de mim não são dignos de mim !! se não negarem sua própria família para o bem de todos e não apenas dela não são dignos de mim !!se amamos o que nos amam que fazemos de mais??? ainda são crianças, como dizia Paulo, na época Paulo disse para os fieis que eles eram crianças por dizerem que eram de Paulo ou de Apolo, hoje vocês continuam crianças dizendo eu sou católico eu evangélico,onde Cristo esta dividido ??? não no reino dele, por que o reino dele não se dividi, mais vos católicos e vos evangélicos estão divididos por conta de suas religiosidades e por que não entende o que é Cristo ainda….

  46. Paulo Sergio Ribeiro disse:

    Não criticando pois sou católico e gosto de e não tenho nada contra outras religião pois somos todos irmão mesmo com diferencia de cor raça ou credo religioso pois como se fala se chamamos deus de pai podemos chamar o próximo de irmão,pois os irmão de verdade se amam e se respeita independente de sua de sua denominação,sinto muito triste ao ver as pessoas se criticando por causa de religião pois para deus.gostaria de ver seus filhos unidos ou invés de a ver criticas para ver que melhor que outro.

  47. Flávio disse:

    Não dá pra conversar com protestante, eu desisto. É ignorância demais, soberba demais, falta de humildade demais, amam a mentira e lutam por ela, lutam, mas se tivessem de dar a vida por ela com toda certeza se acovardariam pois no mundo de vocês tudo é relativo. Tudo que eu posso fazer é rezar por vocês pois debater não tem jeito, só Deus pra ter piedade e perdoar a Santa Ignorância, se pelo menos a Ignorância de vocês for santa, vocês serão salvos. Mas quem aproveita da ignorância dos outros pra conseguir dinheiro, fama, sucesso… estão no fogo eterno.
    Não posto aqui mais. Talvez um pouco de sofrimento nesta vida lhes façam acordar, mas deixemos Deus decidir sobre isso. Que a Graça de Deus Pai todo Poderoso, e a Paz de Cristo lhes acompanhem pra sempre.

  48. Anilton Santos disse:

    Graça e paz seja convosco da parte daquele que é, e que era, e que há de vir Jesus Cristo.

    Eu fico triste de ler tantas opinião e sendo que nenhuma irá nos conduzir para o Céu, o que irá nos conduzir para o Céu é a palavra de Deus.
    Eu já fui coroinha de padre, mas pela grandiosa misericórdia de Deus ele me chamou para o seu reino. Uma coisa é preciso deixar bem claro o catolicismo não tem plano nenhum de Salvação, mas ai você vai ficar com ódio de mim?. Eu quero é só ajudar a você a ler mais a bíblia e pedir a Deus para te dar entendimento da Verdade. Eu já sou vencedor com Jesus Cristo e no final da minha vida terrena ele me conduzirá para uma vida eterna.

    Joa 5:24 – Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.

    Quem não obedece: AP.20,13 E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras.
    Ap.20,14 E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte.
    Ap.20,15 E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.
    Que Deus de Sabedoria aos que querem ser Salvo com o Senhor Jesus Cristo……Amém.

  49. Ruben disse:

    os catolicos não são filhos de Deus, enquanto não cofesarem ao Senhor Jesus como unico e suficiente salvador.

  50. OSVALDO PEREIRA DA SILVA SOBRINHO disse:

    Gostaria de saber porque o segundo mandamento foi substituído no catecismo da igreja de Roma?

Deixe uma resposta para Marco Antonio Ridenti Cancelar resposta

Inscreva-se em nossa newsletter